05 setembro 2021

Canadá é o primeiro pais a abrir aeroportos para voos internacionais de turismo

 

 

Proporcionalmente o Canadá foi o país que mais vacinou contra a Covid-19 e governo canadense anuncia abertura de oito aeroportos para receber voos internacionais a partir deste mês de setembro

Para reduzir a contaminação por Covid-19 e pelas novas variações do vírus, países impuseram restrições à entrada de viajantes ou fecharam totalmente suas fronteiras. Felizmente, graças as vacinas que tem se mostrado eficaz, fazendo os índices de contaminação e de mortes diminuir, alguns países já começam a flexibilizar as restrições e liberar suas fronteiras e aeroportos aos turistas.

As informações mudam todos os dias, o que pode dificultar o acompanhamento dos fatos mais relevantes para os viajantes.  Quem pretende viajar ao exterior precisa estar atualizado sobre os requisitos de entrada em diversos países.

O jornal Folha do Povo descobriu que existe um site, Skyscanner, que atualiza diariamente informações sobre os novos desdobramentos do surto com dados desde restrições de viagem a políticas de remarcação e cancelamento de voos pelas companhias aéreas.

O site é atualizado com as orientações e recomendações das autoridades e governos locais, bem como da Organização Mundial da Saúde (OMS), fonte reconhecida e confiável de notícias e informações a nível global.

A boa notícia dessa semana é que Portugal reabriu seus portos e aeroportos para brasileiros. Para entrar no país é necessário um teste negativo para Covid-19. As campanhas de vacinação contra a Covid-19 seguem no mundo todo. Além de mais segurança e tranquilidade para a população, a imunização está permitindo a reabertura de fronteiras para viajantes vacinados. Holanda, Suíça, Islândia, França, Alemanha, Espanha e Maldivas, por exemplo, já flexibilizaram as restrições de entrada para brasileiros totalmente imunizados.

Ao todo, segundo o Skyscanner, 45 países estão com restrições leves para receber brasileiros, o que significa que eles podem viajar para esses países, mas provavelmente precisará de comprovante de vacinação e teste para Covid-19. Outros 29 países estão restrições moderadas. É possível visitar esses países, mas pode ser preciso fazer quarentena na chegada, bem como apresentar comprovante de vacinação e teste negativo da doença.

Oitenta países estão restrições bastante rígidas. Nesse nível de restrição, as viagens podem estar suspensas, o país pode estar com suas fronteiras fechadas para turistas ou a entrada pode ser permitida apenas para cidadãos que atendam requisitos rígidos do país.

Restrições de entrada no Brasil

Para os estrangeiros que chegam ao Brasil é necessário que apresentem um teste PCR (exame de sangue) negativo para coronavírus feito em até 72 horas antes da viagem. Além disso, viajantes e tripulantes devem preencher uma Declaração de Saúde do Viajante (DSV). Passageiros que já tiveram Covid-19 devem cumprir outras exigências.

Desde o dia 21 de junho de 2021, todos os voos com origem ou passagem pelo Reino Unido, África do Sul e Índia estão temporariamente proibidos de entrar no Brasil.

O Brasil adota política de concessão de vistos com base no princípio de reciprocidade. Isso significa que países integrantes do Mercosul e da União Européia, onde são dispensados vistos para os brasileiros, não há necessidade de visto prévio para entrada no Brasil. Ao todo são 45 países que não necessitam de vistos para entrada no Brasil.

Já os países que exigem vistos de cidadãos brasileiros também precisarão de vistos para entrada no Brasil.  Cada tipo de visto para o Brasil possui um valor e o passaporte deve estar com validade mínima de seis meses e com prazo superior ao período de estada no país. O valor visto varia entre 70 a 100 doláres.

 Canadá

De acordo com o site do governo do Canadá a partir do dia 7 de setembro, os estrangeiros que se qualificam como totalmente vacinados podem entrar no país. O detalhe é que o Canadá não aceita todas as vacinas. De acordo com o site governamental somente são aceitas as vacinas Pfizer-BionTech, Moderna, AstraZeneca e Janssen da Jonhson & Jonhson.

O visto de entrada no Canadá custa 20 dólares canadenses, equivalente mais ou menos a 80 reais.

 Índia

É necessário fazer visto para ter entrada na Índia e ele é um pouco caro: o visto para turistas brasileiros custa US$ 80. É possível fazer tudo online e sem muita dificuldade. Mas é preciso ficar atento para não cair em sites falsos. Existem centenas deles oferecendo facilidades para retirada de vistos. Para não ter surpresas, prefira sempre fazer pelo site oficial dos consulados do país.

Pelo fato da Índia estar do outro lado do mundo, no hemisfério norte, a passagem de ida e volta custam entre R$ 3 mil a R$ 4 mil. Muitos voos que vão para a Índia costumam parar em Dubai, nos Emirados Árabes, onde agências ligadas às companhias costumam oferecer passeios curtos.

 

Voos vindos da Índia e do Reino Unido ainda estão com restrições para entrada nos aeroportos do Brasil

Sri Lanka

Para os brasileiros entrar no Sri Lanka é necessário visto de entrada, que custa em torno de US$ 35. É exigido, além de comprovante de vacinação completa contra a Covid-19 também os certificados de vacinação contra cólera, hepatite febre amarela. Para entrar e sair é preciso declarar valores superiores ou equivalentes a US$ 15.000.

Os viajantes vacinados também estão sujeitos a teste PCR (exame de sangue) na chegada. Se confirmado positivo, o viajante deverá ficar em quarentena de 14 dias em hotel seguro e protegido.

 

Sri Lanka ainda faz algumas restrições, mas voos estão liberados para os brasileiros visitarem o país

 Uso de máscara

O uso de máscara é obrigatório tantos nos voos quanto para transitar por aeroportos durante a pandemia. Algumas companhias aéreas, inclusive, exigem tipos específicos de mascaras, portanto, esteja atento às regras de cada empresa. Algumas empresas também estabeleceram novas normas em relação à bagagem e ao serviço de bordo. Algumas empresas suspenderam temporariamente o fornecimento de comida durante os voos.

 

Viajar agora de avião, para qualquer lugar do mundo, exige o uso de mascara permanentemente dentro dos voos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

https://www.skyscanner.com.br/

 

 

 

 

 

 

Restrições de entrada no Brasil

.

 

 

tenção: o uso de máscara é obrigatório tanto nos voos quanto para transitar por aeroportos durante a pandemia. Algumas companhias aéreas, inclusive, exigem tipos específicos de máscaras, portanto, esteja atento às regras de cada empresa. Além disso, podem haver novas normas em relação à bagagem e ao serviço de bordo e outras condições de embarque. 

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››