04 junho 2021

Polícia acaba com festa em casa de luxo no Jardim Vivendas

 

 

Festa em mansão no bairro de luxo Jardim Vivendas é detida pela Guarda  Municipal e Polícia Militar de São José do Rio Preto

 

Não é só na periferia de São José do Rio Preto que acontece festa clandestina nesse período de pandemia. Esse tipo de evento com aglomerações de pessoas está proibido nessa época. Na noite desta sexta-feira (4) a Guarda Civil Municipal, com apoio da Polícia Militar, conseguiu barrar numa das casas do Jardim Vivendas, um dos bairros mais nobres da zona Sul da cidade, uma festa que estava sendo realizada com a presença de mais de 80 pessoas.

Não se sabe ainda ao certo de que tipo de festa se realizava no local. Havia som alto, muita bebida e quase todo o quarteirão ao redor da casa estava repleto de carros estacionados, o que fez chamar a atenção da vizinhança, incomodada com o barulho e principalmente com a propagação do coronavírus.

A Polícia foi chamada e acabou com a festa no local. Ainda não há informações sobre quem organizava a festa. A ocorrência ainda está em andamento.

 Festas na periferia

A Guarda Civil Municipal (GCM) deteve no último sábado (29) um homem, de 39 anos, que pela terceira vez promovia festa clandestina em um barracão no bairro da estância Alvorada, na zona Leste de Rio Preto. Foram encontradas aproximadamente 150 pessoas, sem máscaras e aglomeradas.

No evento foram encontrados dois menores trabalhando, um de 12 e outro de 15 anos. Eles foram encaminhados à Vara da Infância e Juventude. O responsável pelas festas foi autuado em flagrante e pagará multa, além de responder processo na justiça por propagar doença contagiosa.

Segundo a GCM, na semana passada, no mesmo local, havia aproximadamente 400 pessoas e o organizador conseguir fugir.

Outro caso

Em outra operação, em conjunto com a Vara da Infância e Juventude, Polícia Militar e Vigilância Sanitária, foram encontradas aproximadamente 100 pessoas em uma festa no bairro Morada do Sol, na zona Norte da cidade.

Uma menor de 16 anos, moradora de Mirassol, foi encontrada no local e os responsáveis foram levados à Delegacia para prestarem esclarecimentos e serem autuados. Também responderão ação na justiça por propagar doença contagiosa, além de multas. O organizador disse na Policia que a festa era somente entre amigos e que sabia das restrições da pandemia.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››