15 junho 2021

Empresária deixa hospital e é recebida com música e flores

 

Família e amigos comemoram alta de empresária do Austa Hospital com música, balões e flores 

O Austa Hospital, de São José do Rio Preto, viveu na última quinta-feira (11), mais um momento de vitória na luta contra a covid-19, sempre envolto em extrema emoção. Ao ter alta após 25 dias internada, dos quais, 18 dias em UTI, a empresária Cláudia Regina Lázaro da Costa foi recepcionada pela família e amigos com música, flores, balões e cartazes, no saguão principal do hospital.

Cláudia foi um dos mais de 1.650 pacientes que tiveram alta no Austa Hospital nestes 15 meses de pandemia da covid-19.

A empresária, moradora de Rio Preto, e sua família creditam à fé e ao trabalho da equipe do Austa Hospital a cura sobre doença que a fez correr risco de vida. "Foi Deus que me salvou e os profissionais, sobretudo os da UTI, foram instrumentos de Deus", declarou Cláudia, de 57 anos. Ela compõe a faixa etária mais infectada neste momento pelo vírus, os adultos e os jovens.

A sobrevivente do coronavírus faz questão de dar um recado às pessoas que ainda insistem em não adotar as medidas de proteção e se aglomerarem em festas e eventos. "Não façam isso! É incrível como muita gente ainda não se deu conta da gravidade desta pandemia e do risco de morrerem. Por favor, cuidem-se!"

É o mesmo apelo da filha de Cláudia, a advogada Renata Lázaro Alves da Costa que, junto com o irmão, pai, familiares e amigos, conta que viveu 25 dias de extrema angústia. "Não conseguimos fazer nada direito. Todos os dias, nos revezamos em frente ao hospital para orar. A fé nos sustentou", conta a filha.

Para ela, a vitória da mãe sobre a covid-19 é explicada por um verso de um cântico: "Porque Ele vive, eu posso crer no amanhã"

Mais uma história emocionante de vitória de paciente grave sobre a covid-19

Empresária sai do hospital e é recepciona com música e flores


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››