29 junho 2021

APM de Rio Preto doa 2 toneladas de alimentos e itens de higiene a entidades assistenciais

Diretores da APM, acompanhados de médicos, participam da entrega das doações para entidades assistenciais

 

A primeira iniciativa do projeto DOA APM, da Associação Paulista de Medicina (APM) – Regional de São José do Rio Preto, teve ótima receptividade de seus associados. Lançada na última semana de maio, a campanha arrecadou 2 toneladas de alimentos, itens de higiene pessoal e produtos de limpeza, doados por médicos associados.  Diretores, acompanhados por crianças filhos dos médicos, visitaram o Instituto Lar de Fátima e a Pastoral do Povo em Situação de Rua para entregar os produtos, no último domingo.

“Foi uma grata surpresa esta primeira campanha. Muitas médicas e médicos associados e seus familiares mobilizaram-se para colaborar. Neste momento crítico que nossa população vive, a APM sente-se no deve de também colaborar”, afirmou Leandro Freitas Colturato, presidente da Regional de Rio Preto.

O Instituto Lar de Fátima atende cerca de 3.500 pessoas, entre crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência. Associada à entidade, está a creche Noêmia Raduan e projeto social “Salto para o Futuro”, que acolhem 220 crianças,  e quatro núcleos na cidade, impactando sobre a vida de mais 750 crianças. Nestes núcleos, são oferecidas várias atividades gratuitas como capoeira, teatro, arte circense, informática e música. 

O Instituto também desenvolve o projeto “In Fight”, no qual 300 crianças e adolescentes aprendem jiu-jitsu, e o “Trilhando a Longevidade”, em que 1.500 idosos aprendem e fazem artesanatos, artes, teatro e praticam atividades físicas e corporais. 

Ligada à Diocese de São José do Rio Preto, a Pastoral do Povo em Situação de Rua alimenta e resgata as pessoas em total vulnerabilidade social que vivem sob marquises, viadutos e em barracos. Além dos alimentos, distribui roupas, calçados e materiais de higiene pessoal. Semanalmente, serve cerca de 300 refeições. 

Além de dar carinho, conforto e orientação espiritual, os voluntários encaminham os dependentes químicos e alcoólicos para o AME, onde os psicólogos avaliam se desejam sair da rua.

_____________________________

Quer conhecer mais as duas entidades?

Instituto Lar de Fátima - Rua Fernão Dias Paes Leme, 360, Vila Maceno . Telefone 3224-6432.

Pastoral do Povo em Situação de Rua - Rua Peru, 140, Jardim Bordon. Telefone (17) 99755-2250.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››