31 maio 2021

Prefeito de Cedral tem celular clonado e bandidos usam o nome dele para pedir dinheiro

 

Prefeito de Cedral tem o celular clonado e bandidos usam o nome dele para pedir dinheiro emprestado até para o delegado de Polícia

O celular do prefeito de Cedral, Paulo Ricardo Beolchi de Lucas, o Janjão (Cidadania) foi clonado. O bandido que clonou o whtasapp chamou no whatsapp diversos contatos que constavam no celular do prefeito, entre eles o do delegado de Polícia Marcelo Ferrari e do editor-chefe da Folha do Povo, jornalista Nelson Gonçalves.

Pelo aplicativo o bandido se passando pelo prefeito pediu dinheiro emprestado tanto para o delegado como para o jornalista. Ambos deram conversa ao bandido, fingindo acreditar na conversa. O bandido passou nome, CPF, nome do banco onde tinha conta e número de conta e agência bancária para efetuar depósito. Tudo já foi passado para a agência de inteligência da Polícia, que está no encalço dos golpistas.

A Polícia já sabe que se trata de mais de uma pessoa envolvida nesse crime. Isto porque os nomes e números de contas passadas para as pessoas a quem foi solicitado dinheiro emprestado são diferentes. Para uma pessoa, os golpistas pediram R$ 4.500 e para outra R$ 7 mil.

A esposa do prefeito, Sandra Jordão, disse que o marido não sabe de que forma os criminosos conseguiram ter acesso à sua conta no whatssapp. Mas que já estão tomando providências para apurar o caso. 

Mendonça

Em Mendonça outra vítima de celular clonado foi o secretário municipal da Saúde, João Bazzotti. De acordo com o vice-prefeito Juliano de Oliveira (PSDB) uma das táticas utilizadas pelos bandidos para clonagem do aparelho é o recebimento de alguma mensagem ou ligação.

Os bandidos ligam ou enviam mensagem dizendo que é do Ministério da Saúde, inventam alguma estória e induzem as pessoas passarem o código de seis dígitos enviado por mensagem. Na verdade, esse código é o que os bandidos precisam para instalar o aplicativo do Whatsapp em outro aparelho.

Golpe da clonagem do Whatsapp

Esse é golpe que constantemente tem ocorrido e vitimado pessoas até muito bem esclarecidas. Por isso fazemos agora alerta e explicamos como os malandros fazem para obter o Whatsapp dos incautos 

Como funciona esse golpe

Primeiro os malandros ligam para você e já de posse de outro celular em mãos com o seu número tentando baixar o seu WahtAssap para ele.

Na ligação, feita de maneira muito astuta, eles fingem ser de alguma operadora de telefonia, de algum banco, financeira, do OLX, do seu plano de saúde ou sei lá o que. Muito provavelmente eles já terão em mãos alguns dados seus, como nome completo, dos seus pais, data de nascimento e até seu CPF e RG. 

Ligações enganosas

Dizem que a gravação, para sua segurança, como fazem essas empresas, está sendo gravada, etc e tal. Após fazerem uma simulação, prestando algumas informações e perguntas. Eles inventam qualquer pretexto. Dizem que estão refazendo seu cadastro ou porque alguém tentou usar sua conta no banco. Enfim criam qualquer mentira para fazer você crer que está falando realmente com alguém de uma dessas empresas. Mas é tudo mentira.

Depois de alguns minutos de conversa dizem que precisam certificar-se se estão mesmo conversando com sua pessoa, etc e tal. E para sua segurança (olha a esperteza) vão lhe passar um código via SMS (mensagem no seu celular) ou até mesmo via whatsapp. É aí que mora o perigo!

Se você passar esse código é exatamente o que eles querem. Esse código na verdade é o código que a central do Whatsapp envia quando você precisa reinstalar o aplicativo em outro aparelho. No momento em que você passa o código eles instalam o seu Whatsapp no celular deles e imediatamente você não tem mais acesso à sua conta de Whatsapp. 

O bandido com essa ferramenta nas mãos começa a aplicar inúmeros golpes, usando o seu nome. Conversam com seus amigos e familiares e inventam histórias mirabolantes para pedir dinheiro emprestado. Dizem, por exemplo, que estão na estrada e que o carro quebrou e o mecânico não está aceitando cheque ou que seu cartão deu problemas e pedem para você fazer um depósito ou transferência diretamente  para a conta do mecânico (na verdade do ladrão).  São inúmeros casos registrados na Polícia com esse tipo de golpes. Algumas pessoas envergonhadas nem procuram a Polícia depois que caem nesse tipo de golpes.

Fica aí o alerta para todos. Não passe, de maneira nenhuma, códigos recebidos em seu celular para ninguém.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››