23 maio 2021

Irapuã decreta medidas para conter a Covid-19

Enfermeiro Nelson Pinheiro em entrevista à TV Tem informa que a medida foi tomada em comum acordo com o comitê gestor, prefeitura e Câmara

 

Para tentar frear a Covid-19, Irapuã decreta medidas mais restritivas no fim de semana. Segundo a prefeitura, comércio, academias, restaurantes, bares, salões de beleza e indústrias devem permanecer fechados.

Para tentar frear a contaminação pela Covid-19, a Prefeitura de Irapuã implantou medidas mais restritivas que começaram na sexta-feira (21) e valem até este domingo (23).

Segundo a prefeitura, comércio, academias, restaurantes, bares, salões de beleza e indústrias devem permanecer fechados. O sistema de delivery também foi vetado no município.

Para evitar que o morador peça delivery em outros municípios da região, também são feitas fiscalizações e barreiras sanitárias. As três entradas da cidade estão com barreiras sanitárias, onde são medida a temperatura de quem chega à cidade. 

Além das medidas restritivas, o município, que tem cerca de 8 mil habitantes, também aderiu às pulseiras de identificação de pacientes com a Covid-19. Pessoas suspeitas com a doença tem que andar com pulseira amarela. As pessoas contaminadas com pulseiras vermelhas. Quem desobedecer o isolamento está sujeito a multa de R$ 500.

Desde o início da pandemia, o município registrou 709 casos confirmados de coronavírus, sendo 582 curados e 21 óbitos. Cerca de 100 estão sendo monitoradas no município, com suspeita da doença.

Moradores da cidade entrevistados pela equipe da TV Tem disseram concordar com as medidas implantadas pela prefeitura. Eliana Aparecida Buzaglia disse que está tomando todos os cuidados, como o uso de máscara e de álcool gel nas mãos para desinfetar-se.

Moradora Eliana Aparecida Buzaglia durante entrevista à TV Tem



0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››