25 abril 2021

Atleta amador de Bady Bassitt consegue pontuação igual a de corredores profissionais

 

 

Atleta amador de Bady Bassit consegue pontuação igual a de corredores profissionais

José Ricardo Batista começou a correr seis anos atrás para perder peso. Na época ele pesava mais de 74 quilos. Hoje, aos 36 anos, pesa 54 anos e se diz satisfeito com sua performa de atleta amador.

 Neste domingo, supervisionado pelo professor Danilo Brandão Salvador, da equipe Bady Fitness, José Ricardo consegui o êxito de percorrer 42 quilômetros em 2h32. Para o comerciante Elvis Alcelino, essa pontuação para um atleta considerado ainda como amador é “um feito gigante, que merece ser noticiado”. De acordo com o comerciante, atletas profissionais realizam esse percurso normalmente entre 2h20 a 2h25. “Ele praticamente bateu um recorde entre os atletas amadores”.

 Em 2019, José Ricardo ficou classificado em sexto lugar na Meia Maratona de Florianópolis, com percurso de 21 quilômetros. O detalhe é que participaram da prova cerca de 13 mil atletas de todas as partes do Brasil, muitos dos quais profissionais que treinam todos os dias. Ele já ganhou vários prêmios correndo. A quantidade de troféus e medalhas foram tantas que teve de mandar fazer uma prateleira em sua casa para expor suas conquistas.

 Formado em Ciências Contábeis, José Ricardo treina todos os dias pela manhã, sendo que três vezes por semana também corre nos finais da tarde. Ele exerce a função de auxiliar contábil em um escritório de contabilidade e para poder treinar acorda às 4 horas da madrugada. 

Por semana corre entre 150 a 160 quilômetros por semana. No final de cada mês soma cerca de 600 quilômetros. E haja folego para correr tanto e sem parar. “Comecei a correr por acaso, para perder peso”, revela. “Mas gostei da atividade e não pretendo parar tão cedo”.

Estande na casa de José Ricardo mostra as medalhas, diplomas e troféus conquistados por ele nas maratonas


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››