03 março 2021

Aplicativo Poupatempo Digital oferece pré-cadastro e Carteira de Vacinação

Sistema desenvolvido pela Prodesp em parceria com a Secretaria da Saúde reduz em cerca de 90% o tempo de atendimento para imunização 

 

Para otimizar o fluxo de cidadãos que receberão a vacina contra a COVID-19, a Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo - desenvolveu com as secretarias estaduais da Saúde e de Comunicação uma plataforma digital integrada para garantir mais agilidade, segurança e transparência ao processo de imunização realizado pelas unidades de saúde do Estado.  

Lançado em 17 de janeiro, o site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), que traz mais celeridade à identificação do cidadão, possibilita a realização de um pré-cadastro para o atendimento, reduzindo em 90% o tempo de permanência de quem será imunizado no ambiente de vacinação.  

 A solução inovadora da Prodesp permite ao Estado monitorar e gerenciar de forma integrada todas as etapas da campanha, além de apresentar em tempo real a quantidade de pessoas imunizadas.  

De acordo com o presidente da Prodesp, André Arruda, a tecnologia de automação é mais uma aliada na luta contra o coronavírus. “Desde o início da pandemia, a Prodesp não mediu esforços para manter o pleno funcionamento do Governo de São Paulo e facilitar a vida das pessoas com soluções tecnológicas de ponta. O app do Poupatempo, por exemplo, é um projeto do qual nos orgulhamos muito, pois além de estar 24 horas por dia à disposição para serviços em geral, agora também vai ajudar a dar esperança para a população, nesse momento em que o maior objetivo é garantir a saúde e segurança de todos”, afirma Arruda.  

Pré-cadastro

O pré-cadastro é muito simples e rápido e exige apenas informações básicas do usuário, como nome completo, número do documento de identificação e endereço, por exemplo. Pelo celular, o interessado pode baixar ou acessar o aplicativo Poupatempo Digital, que já oferece a funcionalidade. Basta clicar em ‘Serviços', na sequência escolher a opção ‘Vacinação COVID-19’, e depois ‘Pré-Cadastro’. Atualmente o app oferece mais de 120 tipos de serviços on-line de diversas secretarias estaduais e órgãos como Saúde, Educação, Fazenda e Planejamento, Segurança Pública, além do Detran.SP, Sabesp, CDHU, entre outros.  

Com base nas informações cadastradas, o cidadão receberá alertas via e-mail e SMS, informando a proximidade das datas de recebimento da primeira e segunda dose da vacina. Mas atenção: o Governo do Estado de São Paulo não envia mensagens de texto (SMS) com links ou realiza contato telefônico para solicitar ou validar dados e informações. As mensagens encaminhadas são apenas orientativas e o cidadão não deve repassar qualquer informação.  

“Vale lembrar que o pré-cadastro não é um agendamento e que seu preenchimento é opcional. Mas é importante reforçar que a participação de cada cidadão beneficiará toda a sociedade, pois é a garantia de um atendimento mais rápido, que ajudará a evitar aglomerações nos locais de vacinação”, destaca o presidente da Prodesp.  

O site www.vacinaja.sp.gov.br oferece ainda um mapa de geolocalização em que o usuário pode digitar seu CEP e encontrar a unidade de imunização mais próxima de sua residência.  

A ferramenta está disponível para todos os cidadãos do Estado de São Paulo e já contabiliza quase quatro milhões de cidadãos cadastrados.  

Até o momento, a aplicação das doses em pessoas pré-cadastradas tem sido feita em aproximadamente um a três minutos, enquanto são necessários cerca de 10 minutos para quem não preencheu o formulário online. 

Quem não fizer o pré-cadastro não precisa se preocupar, pois a vacina também será aplicada sem ele, com realização do cadastro completo presencialmente na sala de vacinação.  

Carteirinha de vacinação  

Além de oferecer o pré-cadastro, o aplicativo Poupatempo Digital também conta com a opção Carteira de Vacinação, destacando informações sobre as doses recebidas, data da vacinação, profissional vacinador, nome e registro do local da imunização, além do fabricante e o número do lote da vacina aplicada. O comprovante digital não substitui o impresso, entregue presencialmente após a vacinação, mas ajuda o cidadão a manter seus principais documentos digitalizados e “em mãos” a qualquer hora.  

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››