11 fevereiro 2021

Tribunal dá prazo para prefeito e vice explicarem sobre contrato de R$ 397 mil

 

Vice-prefeito Irineo e prefeito Janjão estão sendo cobrados para dar explicações sobre contrato para obras da creche

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) deu prazo de cinco dias para que o prefeito de Cedral, Paulo Ricardo Beolchi de Lucas, o Janjão (Cidadania), e o vice-prefeito Irineo Beolchi Junior (PSDB) deem explicações sobre a tomada de preços, contrato e termos aditivos em análise da contratação da construtora para realização de obras da creche na rua das Aroeiras. O valor total do contrato é de R$ 397,5 mil.

A determinação partiu do conselheiro Dimas Ramalho, do TCE, ressaltando que transcorrido o prazo, sem manifestação de qualquer um dos interessados, os autos deverão retornar diretamente ao seu gabinete. Caso haja manifestação, o retorno deverá ocorrer com prévio trânsito pelo Ministério Público de Contas (MPC).

De acordo com o processo em análise dos R$ 397,5 mil, foram R$ 70,9 mil do Governo Federal e outros R$ 326,6 mil que vieram por meio de convênio firmado pela prefeitura com o FIDE (Fundo para o Desenvolvimento da Educação).

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››