17 fevereiro 2021

Segurança é um pilar essencial nos condomínios, afirma João Xavier

 

João Xavier alerta para se reforçar a segurança nos condomínios

Todos os dias ouvimos falar de tentativas de invasão em condomínios. Geralmente a invasão acontece pela porta da frente, e se aproveitam da fragilidade e da falta de treinamento de alguns funcionários para saquear os apartamentos. Neste momento de pandemia, vimos muitas vezes criminosos se passando por agentes de saúde, outras vezes por entregadores de delivery, instaladores de internet, TV a cabo, etc.

 Segundo João Xavier, síndico especialista em gestão condominicial e membro do Conselho de Administração do Estado de São Paulo (CRA-SP), muitas vezes esses criminosos podem ter o auxílio de outras pessoas que ligam nos apartamentos para informar que o sistema precisa de manutenção e que é necessário receber um técnico. “Também já vimos alguns problemas relacionados a prestadores de serviços que entram nas unidades para fazer reparo e acabam entendendo a rotina da família, e usam deste conhecimento para roubar ou repassar a informação para outras pessoas cometerem o delito”, alerta.

 Para João Xavier, são tantos os métodos utilizados que fica difícil encontrar uma única solução para resolver o problema. “Mas uma coisa é certa, a segurança só funciona se tiver o engajamento de todos, sejam funcionários bem treinados, tecnologias voltadas para área da segurança como câmeras, iluminação por sensor de movimento, cartão de identificação, biometria ou reconhecimento facial, sistema de identificação de veículos na entrada da garagem, e a colaboração do morador para fechar o ciclo do que chamamos o tripé da segurança”, analisa o sindicato.

 Uma solução que vem sendo implementada nos condomínios, tanto comerciais como residenciais, diz João Xavier, é um sistema de cadastro de visitantes, amigos e parentes pelo celular, que gera uma imagem QR Code para, somente assim, fazer a liberação de entrada. “Essa inovação evita qualquer contato desnecessário, pois ao fazer a leitura, que o próprio condômino envia a seu convidado, automaticamente a portaria confere todo o cadastro e agiliza o processo de entrada, de forma segura e eficiente. Este modelo tem sido muito utilizado por todos os tipos de visitantes, até mesmo aos que alugam apartamentos por curta temporada, em plataformas digitais.”

“Somente com todos procedimentos e participação dos moradores é que teremos a melhor performance da segurança, não só nos condomínios, mas em todos os lugares que estivermos”, ressalta João Xavier.

 João Xavier é síndico especialista em gestão condominicial e membro do Conselho de Administração do Estado de São Paulo (CRA-SP). Administrador de empresas, sócio diretor da ATMA Consultoria Imobiliária, possui larga experiência em sistemas condominiais, e tecnologia voltada para segurança de condomínios.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››