04 janeiro 2021

PRF realizou 230 fiscalizações e aplicou 82 multas por ultrapassagens perigosas na BR-153

 

Multas por ultrapassagem em locais proibidos faz motorista perder 7 pontos na carteira e ainda leva R$ 2.934,70 de multa

 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou neste domingo (3) a Operação Ano Novo 2020, realizado nas rodovias federais em todo o País. Somente nos 321 quilômetros do trecho da rodovia BR-153 (Transbrasiliana) que corta o estado de São Paulo foram registrados oito acidentes com seis pessoas feridas.

Durante os cinco dias de operação, que teve início na quarta-feira (30), a PRF flagrou oito motoristas dirigindo sob efeito de álcool, 22 condutores e 11 passageiros não utilizavam o cinto de segurança. Fiscalizou 230 veículos e averiguou 255 pessoas. No total, foram registradas 82 infrações por ultrapassagens em locais proibidos. A multa por ultrapassar em faixa contínua é considerada gravíssima, gerando 7 pontos na carteira e multa que pode chegar a R$ 2.934,70.

Carro recuperado pela PRF

 No dia seguinte após o feriado de Ano Novo, os policiais rodoviários federais conseguiram recuperar em São José do Rio Preto um Fiat Uno, que tinha sido furtado em Araraquara, e devolveram o veículo ao proprietário. Emocionado o dono do veículo fez questão de gravar um vídeo de agradecimento ao trabalho da PRF.

A direção geral da PRF também divulgou hoje (4) balanço da apreensão de drogas feitas, durante o ano de 2020, pelos policiais nas rodovias federais brasileiras. Ao todo foram 669 toneladas de maconha e 28 toneladas de cocaína. Também foram apreendidas 2.019 armas e 146.456 munições. A PRF recuperou 8.100 veículos furtados.  



 Operação Rodovida

 Integrar para proteger vidas e garantir a segurança viária. Essa é a proposta da Operação Rodovida 2020/2021 capitaneada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública por intermédio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A ação teve início no dia 7 de dezembro e segue até o dia 21 de fevereiro, quando termina o carnaval.

A Operação também pauta sua atividade na fiscalização nos locais mais críticos, definidos de acordo com os dados estatísticos, em especial no período em que há uma expectativa de maior fluxo rodoviário devido a festividades de final de ano e Carnaval. Estão previstas ações temáticas sobre as principais causas de acidentes graves, bem como ações de educação para o trânsito, que promovam a criação de um sentimento de empatia pelos demais usuários da rodovia.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››