15 janeiro 2021

Josemar faz segunda-feira sua primeira viagem como prefeito à São Paulo

 

O novo prefeito de Sales, Josemar de Abreu (PSB), respeita todos os protocolos para se prevenir do coronavirus 

O novo prefeito de Sales, Josemar de Abreu (PSB), recebeu, na última quinta-feira, a equipe de reportagem da Folha do Povo para falar sobre o estado em que recebeu a prefeitura. Respeitando os protocolos de distanciamento e usando constantemente máscaras o prefeito afirmou que já vinha, antes de assumir, tomando conhecimento de toda situação financeira junto ao ex-prefeito Genivaldo Chaves, o popular Ni Baiano (DEM), com quem sempre manteve bom relacionamento nos dois mandatos em que esteve como vereador na Câmara.

“A situação da nossa prefeitura é das piores e também não é das melhores”, disse o prefeito, que encontrou o caixa com dinheiro para poder suprir as primeiras necessidades básicas da administração. “Tem dívidas, mas são coisas antigas, como precatórios que já vem se arrastando faz anos, de outras administrações. As contas estão controladas”.

 Josemar disse que fez o convite para algumas pessoas o assessorar na administração. E salientou que algumas nem eram muito próximas dele. O importante, segundo ele, é capacidade e a dedicação ao município. A maioria dos nomeados para os cargos de confiança é composta por funcionários de carreira.

A enfermeira Valquíria Assis irá comandar a Secretaria da Saúde. O ex-vereador Luiz Fernando Francisquini será o secretário de Obras e Serviços Gerais. O experiente Elias Mendes Mazzuca, que já assessorou os dois últimos prefeitos continua como secretário de Finanças. Sandra Calixto também integra o time do alto escalão da assessoria da nova administração, como assessora do prefeito.

 O novo prefeito disse que espera não ter problemas com a Câmara dos Vereadores. Com o vereador João Costa (MDB), eleito para presidir a Casa pelos próximos dois anos, afirmou não ter nenhum problema, assim como todos os demais vereadores.

 Na segunda-feira, dia 18, Josemar amanhecerá na cidade de São Paulo para a sua primeira viagem como prefeito. Disse já ter compromisso agendado, na parte da manhã, com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e na parte da tarde percorrerá, na Assembleia Legislativa, os gabinetes de diversos deputados estaduais. “Vou fazer uma ‘via-sacra’ nos gabinetes em busca de verbas para o município”, adianta.

Ele mostrou à reportagem mais de uma dezena de envelopes, contendo ofícios e projetos, que serão entregues, junto com pedidos de recursos, aos deputados visitados.

No gabinete que era usado pelo ex-prefeito Ni Baiano, Josemar não fez nenhuma mudança drástica. Manteve a mesma mesa e inclusive a mesma cadeira e mesinha redonda, com quatro cadeiras para pequenas reuniões no gabinete. A novidade agora é que em cima da mesa ele mantém sempre uma Bíblia aberta e em cima de um armário a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que ganhou de presente do novo padre da cidade. “Vou manter essa imagem aqui para dar sorte para nossa administração”, afirmou, revelando ser católico e que respeita a todas as religiões. “Cada um tem sua crença e a gente tem que respeitar”.

Josemar ganhou de um padre a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que agora faz parte da decoração do gabinete ao lado da chave simbólica da cidade

O novo prefeito só aceitou tirar a máscara, por insistência da Folha do Povo para a sessão de fotos. Mas logo em seguida ele tornou a colocar a máscara

O uso de máscara faz parte do dia-a-dia do prefeito


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››