02 dezembro 2020

Vereadores aprovam títulos para homenagear Jardim e Vinholi

Arnaldo Jardim e Marco Vinholi vão ser homenageados com o título de Cidadão Honorário de Mendonça

 

Os vereadores de Mendonça aprovaram, na sessão ordinária da última segunda-feira, a concessão do título de Cidadão Honorário de Mendonça para o deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania) e ao secretário estadual de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi. A proposta foi assinada por todos e os vereadores e aprovada por unanimidade. A data da entrega das honrarias vai ser definida junto com as assessorias dos homenageados.

Na mesma sessão os vereadores aprovaram, por unanimidade, Moção de Congratulações à enfermeira Jakeline Aparecida Avanço pelo atendimento prestado no dia 4 de novembro ao contabilista Aparecido Perpétuo Borges, o popular Cidinho. De acordo com a moção, a enfermeira é exemplo de profissionalismo, dedicação e humanidade. “O atendimento dela foi destacado, eleva e deixa orgulhoso nosso município”, escreveram os vereadores.

Cidinho Borges disse à reportagem da Folha do Povo que graças à presteza da enfermeira ele conseguiu ser salvo. “Eu enfartei e se não fosse ela, com sua experiência, detectar esse problema, acionar o médico que inclusive me acompanhou na ambulância do SAMU até o hospital em Rio Preto provavelmente hoje eu não estaria mais aqui”, relatou Cidinho, que em razão disso ficou uma semana internado na UTI e teve de suspender totalmente sua campanha à prefeitura de Irapuã. 

Ainda nessa sessão os vereadores de Mendonça aprovaram também as contas de 2018 do prefeito Antonino Caetano de Souza, o popular Sabiá (Solidariedade). Também votaram favorável à suplementação de recursos no orçamento deste ano.

Arnaldo Jardim

Arnaldo Jardim é o presidente estadual do partido Cidadania


Arnaldo Calil Pereira Jardim, 65 anos, nasceu em Altinóplis, na região de Ribeirão Preto (SP). É engenheiro civil formado pela Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo) e iniciou sua vida política como líder estudantil, quando foi diretor do DCE (Diretório Central dos Estudantes) da USP e da União Estadual dos Estudantes, na época das lutas pela democracia. Com 27 anos foi chefe de gabinete de Chopin Tavares de Lima na Secretaria do Interior do Governo Montoro.

Eleito deputado estadual em 1986 foi o relator do projeto da Constituição Estadual e da emenda que acabou com a imunidade parlamentar para crimes comuns. Foi secretário estadual da Habitação e deputado estadual por quatro mandatos.

Em 2006 foi eleito pela primeira vez como deputado federal e reeleito outras três vezes, intercalando o mandato com os cargos de secretário estadual da Agricultura e Abastecimento. Atualmente é o presidente estadual do partido Cidadania.

Em 2009 foi acusado de pagar a empregada doméstica Maria Helena de Jesus com salário de assessor parlamentar. A empregada já tinha utilizada a mesma estratégia com outros três deputados. Na época, Arnaldo disse que não sabia que poderia ser ilegal a atitude e demitiu imediatamente a empregada. Mas esse fato não manchou seu currículo e Arnaldo foi eleito por oito vezes consecutivos, pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) como uma das “100 Cabeças do Congresso Nacional”. Também foi reconhecido pelo Portal Congresso em Foco como um dos melhores parlamentares da Câmara Federal. Só no passado ele apresentou 262 proposituras na Câmara e nos 11 primeiros meses deste ano 141.

Arnaldo Jardim é cidadão honorário de vários municípios paulistas, entre eles Adolfo. Recebeu inúmeras condecorações e foi paraninfo de diversas turmas de formandos nos cursos de engenharia e agronomia. É político Ficha Limpa e tem postura reconhecida com a ética e a defesa dos preceitos democráticos.

Marco Vinholi

Marco Vinholi é o presidente estadual do PSDB em São Paulo


Marco Antonio Scarasati Vinholi, 36 anos, é administrador, empresário no setor de comunicação e agronegócios. É filho do ex-deputado estadual por quatro vezes e ex-prefeito de Catanduva, Geraldo Vinholi.

Iniciou sua vida pública nos movimentos estudantis, como presidente do Centro Acaêmico Leão 23 da PUC (Pontifícia Universidade de Campinas) e diretor da União Estadual dos Estudantes (UEE) e da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Foi coordenador nacional de Empreendedorismo Juvenil no Ministério do Trabalho e Emprego e diretor do Departamento de Políticas de Trabalho e Emprego para a Juventude, órgão do Governo Federal.

Eleito deputado estadual em 2012 foi líder do PSDB na Assembleia Legislativa, Assumiu em janeiro de 2019 como secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, no Governo de João Dória. É também o atual presidente estadual do PSDB em São Paulo.

Moção de Aplauso à enfermeira que ajudou a salvar a vida de Cidinho Borges



0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››