09 dezembro 2020

Projeto social conserta brinquedos para doar às crianças carentes

Empresário Júnior Mauad conserta brinquedos para doar às crianças carentes

 

“Existe um lugar encantando em que a magia atende pelo nome de solidariedade”. Assim o jornalista Marival Correia, um dos mais brilhantes profissionais do jornalismo rio-pretense, definiu, numa matéria escrita por ele em 2018, o barracão do empresário Junior Mauad, localizado nos fundos de uma chácara no bairro Quinta das Palmeiras em Cedral, que há quase uma década recupera brinquedos quebrados e os transformam novinhos em folha para a alegria das crianças.

O barracão funciona como se fosse uma espécie de "hospital dos brinquedos". Muitos carrinhos, bicicletas e caminhõezinhos chegam ali "adoentados" e sem condições de rodar. As bonecas aparecem bem “brincadas” com cabelos estragados, às vezes rabiscadas e até sem roupas. Mas aí passam pelas mãos habilidosas de quase 30 voluntários, gente que gosta do que faz. 

Júnior Mauad explica que não tem preço que paga pelo sorriso de uma criança


Os brinquedos ganham banho, peças faltantes são repostas, ganham tratamento de beleza, pintura e roupagem nova. Tudo feito com muito cuidado e carinho. E ai acontece a transformação mágica como bem assinalou o jornalista Marival Correia em sua matéria, publicada em 2018 no jornal “Diário da Região”.

Junior conta que é voluntário do Projeto “Xô Dodói” que todas as semanas visitava o Hospital da Criança, com objetivo de animar os pequenos pacientes no processo de recuperação. Daí um dia ele a esposa, a professora Ana Paula Sisti Mauad, tiveram a ideia de pedir brinquedos usados aos amigos para doar as crianças. As doações surgiram e não pararam mais. Como 99% dos brinquedos doados vinham com algum defeito, Junior convidou alguns amigos para ajudar no conserto das peças recebidas. 

As bonecas depois de recuperadas ganham modelos exclusivos e ficam cheirando como se fossem novinhas


Para se ter ideia do volume recebido e doado só neste ano foram recebidos cerca de 8 mil brinquedos. Assim que chegam no barracão é feita a triagem. São limpos e passam pelas mãos habilidosas dos “médicos dos brinquedos”. A costureira Angela Schiavetto é uma delas. Ela que cuida da transformação mágica das bonecas, que ganham modelos exclusivos, com puro capricho e dedicação de quem tem mãos de fada e coração de anjo. 

O tratamento nos brinquedos acontece durante o ano inteiro. E todos os brinquedos recebidos como doação são dados para crianças carentes. Nessa época próximo do Natal o “plantão hospitalar” é aumentado, porque é justamente o período em que as crianças mais esperam pelos brinquedos.

Bicicletas recuperadas ganham pintura nova, novo banco de assento e até pneus novos


Para Júnior, não existe maior satisfação para ele e os voluntários que atuam no projeto, denominado de Ioiô, porque o ioiô, para quem não sabe, é um dos mais antigos brinquedos existentes no mundo e faz lembrar o projeto social desses voluntários de Cedral. Ele vai e volta para as mãos de quem o lança no chão. Assim são brinquedos que chegam ao Projeto. São doados. E doados novamente para as mãos de crianças carentes. O ioiô é constituído por dois discos, geralmente de plástico, madeira ou metal, unidos no centro por um eixo no qual prende-se um cordão. Jogando-o em direção ao chão, com o impulso ele sobe e a corda se enrola novamente.

Interessados em fazer doações e colaborar com o Projeto Ioiô pode entrar em contato com o Júnior pelo celular (17) 99716-0338.

Somente neste ano o barracão recebeu cerca de 8 mil brinquedos para serem recuperados e doados

As bonecas ganham atenção especial das mulheres voluntárias que fazem questão de recuperar todos os detalhes

As doações chegam quase todos os dias e vão para a triagem onde são separados

Ana Paula, assim como o marido, se encantou com a proposta de recuperar milhares de brinquedos de forma bastante organizada

A fábrica de recuperação funciona como se fosse um "hospital dos brinquedos", que saem de lá totalmente recuperados como se fossem novos 




0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››