17 dezembro 2020

Médico do Sírio-libanês diz que qualquer vacina é segura

Diretor do Instituto de Pesquisas do Sírio-Libanês, Dr. Luiz Fernando, afirma que qualquer vacina é segura

 

O médico Luiz Fernando Lima Reis, do Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP), órgão ligado ao Sírio-Libanês, assegura que qualquer uma das vacinas que estão em testes e chegar no mercado são seguras. Em vídeo viralizado pelas redes sociais o médico e pesquisador dá uma verdadeira aula, de forma simples e didática, sobre o funcionamento das vacinas que estão sendo produzidas para combater o coronavírus.

Informando que ele mesmo tomou uma dessas vacinas, Dr.Luiz Fernando tranquiliza as pessoas e pedem para não acreditarem em “fakes News” (notícias falsas) espalhadas pelas redes sociais. Veja abaixo, no final desta matéria, o vídeo do Dr. Luiz Fernando que viralizou pelas redes sociais.

O Sírio-Libanês foi criado em 1921, quando um grupo de imigrantes da comunidade sírio-libanesa no Brasil se reuniu para criar o projeto de construção de um hospital com objetivo de retribuir a acolhida calorosa que tiveram no país. O Sírio-Libanês é hoje um centro de referência internacional em saúde.

Com uma área construída de aproximadamente 100 mil metros quadrados no bairro Bela Vista, em São Paulo, o hospital atende mais de 40 especialidades e conta com mais de 710 leitos, dos quais pelo menos 80 são de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). 

A instituição possui corpo clínico multidisciplinar e tecnológicas de última geração. Ao longo dos anos, acumulou conquistas pioneiras. Foi o primeiro hospital do Brasil, em 1971, a inaugurar a primeira UTI, bem como a fazer a primeira telecirurgia por robôs no ano 2000.

Centro de pesquisas

Hospital Sírio-libanês é um dos maiores hospitais da América Latina e realiza constantes pesquisas com vacinas e insumos médico-hospitalares


Possui um dos mais avançados centros de pesquisas do mundo. O Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP), cuja missão é apoiar o aprimoramento profissional de médicos, profissionais de saúde e gestores da área, além de estimular a investigação cientifica que contribua para uma assistência à saúde ainda melhor. 

O IEP reflete e traduz, nas suas atividades, as principais características construídas pelo Sírio-Libanês: excelência em saúde, respeito à pessoas e compromisso com a sociedade.

Picada salvadora

A vacina contra o Covid-19 está sendo aguardada com muita expectativa. O Reino Unido, a Rússia e os Estados Unidos já iniciaram a vacinação em massa. França, Portugal, Arábia Saudita, Canadá, Chile e Argentina deverão iniciar a vacinação em massa nos próximos dias.

“As vacinas são um avanço extraordinário da ciência”, escreveu o jornalista Roberto Toledo, tecendo críticas às inúmeras inverdades que pessoas, sem nenhum conhecimento, postam e replicam pelas redes sociais.

“O mundo civilizado aplaude, mas, o mundo da barbárie acha um paliativo inócuo”, afirma Toledo. “A vacina foi politizada já por nossas plagas. A vacina ganhou epítetos: vacina comunista, chinesa de João Doria, tem chips para controlar a vida das pessoas, e, inclusive mudanças no DNA humano, e mais um lote de besteiras. E sabe quem propagou toda essa descrença? Nossa autoridade máxima, o presidente, que acha bobagem vacinar em massa e fazer lockdown. Não sabemos se por conta disso, mas neste Brasil varonil acredita-se que mais de 20% da população não vai receber a vacina. Só quero ver quando a foice da morte pairar em suas casas”




0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››