29 dezembro 2020

Câmara de Mendonça adquire carro zero km com 10 marchas

 

Presidente da Câmara de Mendonça, Claudio Oliveira (PSD) devolve dinheiro não usado e ainda compra carro zero para o Legislativo

O presidente da Câmara de Mendonça, vereador Claudio de Oliveira (PSD), que está deixando o cargo agora neste dia 31 de dezembro informou que devolveu R$ 512 mil do orçamento do Legislativo à Prefeitura. A devolução vinha sendo feita antecipadamente desde o começo do ano e o dinheiro, segundo Claudio, foi usado para a compra de micro-ônibus e outros veículos à prefeitura.

Claudio disse que fecha o ano na Câmara com as contas todas em dia. “Não vai ficar nada em atraso para o próximo presidente pagar”, destacou. Ele também informa que comprou um veículo zero quilômetro para uso da Câmara. “Trocamos o Corolla antiga, que era de 2015 e tinha seis marchas, por um Corolla zero quilômetro, modelo GLI, 16 válvulas, flex, automático e com 10 marhas”.

O carro, além de ser novo e mais potente é também muito mais econômico. Claudio disse que o Corolla antigo deverá ser repassado, pelo próximo presidente da Câmara, à prefeitura.

 Posse dos eleitos

Com relação a posse dos vereadores eleitos, Claudio explicou que devido a pandemia do coronavírus a sessão solene que dará posse aos eleitos será bastante restrita. “Não haverá a presença de público”, informou. “Somente os vereadores e familiares, em número bastante restrito de convidados para não haver aglomeração. No auditório da Câmara cabem 140 pessoas, mas limitamos para somente 60 pessoas”.

Entre os convidados para a posse estão todos os atuais vereadores e o prefeito Sabiá e o vice-prefeito Juliano Oliveira, que deixam o cargo.

 A cerimônia de posse, como é de praxe, será conduzida pelo vereador mais votado, que neste ano foi Hericson Lino (PP). Já está acertado entre a maioria dos vereadores que Hericson deverá ser eleito o próximo presidente da Câmara e muito provavelmente, senão ocorrer nenhuma expedição de liminar, deverá assumir temporariamente como prefeito.

 O prefeito eleito Juliano de Oliveira (PSDB) está com sua candidatura sub-judíce aguardando julgamento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por ter trocado de candidato a vice-prefeito fora do prazo permitido pela Justiça Eleitoral.

Corolla GLI, com 10 marchas, adquirido pela Câmara Municipal de Mendonça na gestão do presidente Claudio Oliveira (PSD)


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››