16 novembro 2020

Reni vence eleição em Irapuã com 71 votos de diferença

 

Reni ganha a eleição em Irapuã com 71 votos de diferença sobre Haroldo Ciocca

A agente postal Reni Aparecida Silva, de 40 anos, estreante na política, se elegeu como prefeita de Irapuã, derrotando nas urnas o prefeito Haroldo Ciocca (PSDB) e o experiente Cidinho Borges (MDB). Foi a primeira eleição disputada por Reni, que embora seja estreante, nasceu e cresceu vivenciando política dentro de casa, pois tanto o pai, Nelson Silva, atual vice-prefeito, com a mãe já foram vereadores. O pai também já ocupou o cargo de prefeito em Irapuã.

 Reni é divorciada, tem ensino médio completo e não declarou nenhum bem em seu nome à Justiça Eleitoral. Reni vence as eleições por diferença de 71 votos sobre a candidatura de Haroldo Ciocca que tentava sua reeleição para o seu terceiro mandato como prefeito da cidade. Ela obteve 2.021 (48,10%) contra 1.950 (46,41%) votos de Haroldo. O candidato Cidinho teve pífio desempenho nas urnas com 231 votos (5,50%). Quatro dos vereadores eleitos tiveram mais votos do que o candidato a prefeito do MDB, entre eles o mais votado da cidade: o vigilante Maurício Palhares (MDB), que se candidatou pela primeira vez a um cargo público.

 Confira como fica a composição da Câmara Municipal de Irapuã:

 1.    MAURICIO PALHARI (MDB), 702 votos (16,81%)

2.    IKO FERNANDES (PTB), 382 votos (9,15%)

3.    JOÃO PAULO CUTHARA (DEM), 277 votos (6,63%)

4.    DINHO DA BICICLETARIA (PTB), 247 votos (5,91%)

5.    VAL DE CAMPOS (DEM), 230 votos (5,51%)

6.    CARLÃO (PTB), 215 votos (5,15%)

7.    NETO BUZINA (PTB) 209 votos (5,00%)

8.    GUINHO (DEM), 173 votos (4,14%)

9.    GARÇA (PSC), 147 votos (3,52%)

 

Foto usada na urna eletrônica pela prefeita eleita

Reni na campanha Outubro Rosa contra o câncer de mama

Reni e o vice-prefeito eleito Donizete Guimarães, do PSC

 

Maurício Palhares, do MDB, foi o vereador mais votado em Irapuã

 

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››