25 novembro 2020

Ex-prefeito de Urupês é preso por estupro de adolescente

 

 

Ex-prefeito de Urupês no momento em que era fichado pela Polícia do Paraguai

Condenado por estupro de vulnerável, ex-prefeito de Urupês Antônio da Silva Oliveira, mais conhecido como Toni Bomba, foi preso nesta terça-feira na cidade paraguaia de Pedro Juan Cavaleiro. Ele foi condenado pelo Superior Tribunal Federal (STF) a 10 anos e quatro meses de prisão em regime fechado pelo estupro contra uma enteada. Ele era considerado foragido da Justiça brasileira desde o início do mês passado.

Segundo o delegado seccional de Polícia de Novo Horiznte, Éder Galavoti, que coordenou a operação para prender o ex-prefeito, Toni Bomba foi encontrado trabalhando em uma fábrica de lages. Ele foi preso pela Polícia Nacional do Paraguai e negou que estivesse foragido. No final da tarde ele foi extraditado para o Brasil.

Toni Bomba foi eleito prefeito de Urupês em 2012 pelo PPS. Em 2016 tentou a reeleição, mas foi impedido pela Justiça Eleitoral.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››