19 novembro 2020

Em diversas cidades a disputa foi super apertada e houve até empates nas votações

A eleição na cidade de Tanabi foi tão acirrada que a diferença entre o vencedor e o segundo lugar foi de 12 votos

 

A disputa eleitoral em algumas cidades foi tão acirrada que foi decidida por apenas um voto. E teve algumas que votação empatou e o candidato de mais idade irá assumir a prefeitura.

Em Itapuca, cidade do norte do Rio Grande do Sul, o vencedor ganho por apenas 1 voto de diferença. Marcos, do DEM, foi eleito com 814 votos válidos (49,7%).

Em Joaíma, Minas Gerais, dois votos a mais deram a vitória para Daurindo Barreto, do Cidadania. Ele derrotou, com 3.680 votos,  Abinaldo Botelho, que ficou em segundo lugar com 3.678 votos válidos (49,99%).

Uchoa perde em Tanabi

Em Tanabi, na região de Rio Preto, o prefeito Norair Cassiano (PSB) venceu a eleição por uma diferença de apenas 12 votos. Correligionários de Valdir Uchoa (PL) já estavam até comemorando nas ruas, cantando vitória antes da totalização final das urnas. Norair teve 5.804 votos (39,47%) e Uchõa 5.792 votos (39,39). A diferença foi de 0,08%¨.

Em Quinta do Sol, município de aproximadamente 4.500 habitantes a 445 quilômetros de Cutiriba, no Paraná, a diferença foi de apenas um voto entre os candidatos Leonardo Romero (PSD) que fez 1.703 (50,1%) e Jilvan Ribeiro (Cidadania) com 1.702 votos. Romero disse ter certeza de que ganharia a eleição, mas por uma vantagem maior de votos. Não imaginávamos que seria tão apertada”.

Em Piúma, no litoral sul capixaba, a diferença entre os dois primeiros colocados foi de 25 votos. Paulo Cola (Cidadania) foi eleito com 4.161 votos, contra 4.136 do segundo colocado.

Na cidade de Água Branca, no interior do Piauí, o candidato Júnior Ribeiro (PSD) recebeu 6.104 votos (49,71%) e Margareth do Zito (Republicanos), 6.096 (49,65%). Vencida por uma diferença de 8 votos, a candidata derrota está inconformada e disse que vai pedir a recontagem dos votos.

Candidatos empatam

Na cidade de Caraúbas, na Paraiba, os dois candidatos empataram. O critério usado é dar a vitória para o candidato mais velho de idade. Assim Silvano Dudu (DEM) velou a prefeitura da cidade que fica a cerca de 200 quilômetros de João Pessoa, a capital do Estado. Ele o segundo colocado, Newton (MDB), receberam 1.761 votos. Dudu tem 52 anos e o Nerivan 34 anos.

 Ritinha e Edemilson empataram, mas ele ficou com a prefeitura por 12 anos mais velho


Em Kaloré, cidade paranaense a quase 400 quilômetros de Curitiba, também ocorreu empate e a decisão foi adotada usando o mesmo critério, estabelecido por lei para todo o Brasil: o mais velho ganha. Com 1.186 votos cada candidato, Edmilson (PL), venceu a disputa com a Ritinha (PSD) por ser 12 anos mais velho.

A mesma coisa aconteceu também em Jardinópolis, em Santa Catarina. Mauro Risso (MDB) levou a melhor sobre Antoninho (PT) por ser apenas dois meses mais velho.



0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››