06 outubro 2020

Sementes da Alegria realiza campanha para cadastro de doadores para medula óssea

Parte dos integrantes do Grupo Sementes da Alegria, que estará presente na campanha de doação de sangue e para cadastro de doadores para a medula óssea




O grupo Sementes da Alegria encabeça campanha para a doação de sangue e realização do cadastro da medula óssea no Hemocentro de São José do Rio Preto. Na segunda-feira, Dia da Criança (12 de outubro),  com a presença dos “Doutores Besteirologistas”, integrantes do grupo Sementes de Alegria estarão mobilizando e incentivando pessoas para a doação de sangue e cadastro, entre as 7 e 13 horas.

Para se cadastrar como doador voluntário de Medula Óssea no Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), órgão do Ministério da Saúde responsável pelo cadastramento nacional dos doadores, é necessário ter entre 18 a 55 anos de idade. Coleta-se uma amostra de sangue para fazer o exame HLA (Antígenos Leucocitários Humanos) que irá determinar as características genéticas necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente. O doador irá permanecer no registro até completar 60 anos de idade e convocação pode demorar alguns anos ou nem chegar a acontecer.

Sementes da Alegria é um grupo constituído por voluntários comprometidos com ações sociais, culturais e humanitárias. Através da terapia do riso levam a alegria para pessoas internadas em hospitais, asilos e às comunidades carentes. O foco do trabalho é centrado na arte teatral e nos palhaços. “Viver sem o sorriso não tem a menor graça” é o lema do grupo. 

Os integrantes do grupo pedem a todos compareçam com máscaras e tomem todas as precauções necessárias como o distanciamento, além de se evitar tocar em objetos e superfícies no local.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››