28 setembro 2020

Três candidatos disputam a prefeitura de Irapuã

Três candidatos postulam a Prefeitura em Irapuã


Três candidatos disputam a prefeitura de Irapuã. O atual prefeito, o dentista Haroldo Ciocca, recém filiado ao PSDB do governador João Dória, tenta a reeleição, disputando o cargo com o empresário e contador Cidinho Borges, do MDB, e com a agente postal Reni da Silva, do DEM.

Ciocca concorre à reeleição trocando de candidato a vice-prefeito. Desta vez o candidato a vice será José Ailton de Oliveira, o Kim, do PV. O ex-prefeito Nelson Silva, do DEM, não faz mais parte da chapa e pelo jeito também não apoiará mais o seu ex-colega de chapa, já que o DEM também lançou candidato para concorrer à prefeitura. Será a agente postal Reni Aparecida da Silva que tem como candidato a vice-prefeito o motorista Donizete Guimarães, do PSC.

Pelo lado da oposição está Cidinho Borges, que disputa o cargo numa chapa pura pelo MDB, tendo como candidato a vice-prefeito o radialista e empresário Valdenir Lima, o popular Vardeca. Cidinho, que presta consultoria em diversas cidades paulistas, afirma que está mais do que preparado para exercer o cargo. “Somos ficha limpa e sem nenhuma mácula em nosso currículo”, esclarece. 

CPI suspensa

O prefeito enfrentou nos primeiros meses deste ano uma CPI (Comissão Processante de Inquérito) para investigar supostas irregularidades em sua administração. Entre as eventuais irregularidades está o fato dele ter supostamente negligenciado a defesa dos interesses do município em uma ação trabalhista na qual ele era o principal beneficiado como dentista concursado. Na ação o prefeito, cobrava cerca de 40% sobre seus salários como insalubridade no cargo de dentista. Segundo a denúncia protocolada na Câmara, a ação correu a revelia porque o prefeito não designou advogados para fazer a defesa dos interesses do município.

O prefeito também foi acusado de ter preterido a nomeação de dois advogados concursados para contratar os serviços de uma advogada, sem licitação. Ele ingressou com pedido de liminar para impedir que a CPI tivesse prosseguimento e a Justiça suspendeu temporariamente as investigações que estavam sendo feitas pela Câmara Municipal.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››