28 setembro 2020

Engenheiro enfrenta pedreiro nas urnas na briga pela prefeitura de Mendonça



O engenheiro Juliano Souza de Oliveira, do PSDB, enfrentará em Mendonça nas urnas, o pedreiro José Sérgio Pereira de Oliveira, do Solidariedade. Juliano é o atual vice-prefeito e José Sérgio é vereador, ex-presidente da Câmara, e aliado político do prefeito Antonino Caetano de Souza, o Sabiá, que também pertence ao Solidariedade.

Juliano terá como companheiro de chapa o ex-prefeito Odair Milhossi, do DEM, até então apontado por todos os partidos para ser candidato único nessas eleições. Quatro partidos (PSDB, DEM, PSD e PDT) se uniram oficialmente em torno da candidatura de Juliano e Odair Milhossi.

José Sérgio enfrentou nos últimos meses uma CPI (Comissão Processante de Inquérito) que culminou com a cassação do seu mandato de vereador. O mecânico Orivaldo de Oliveira, o Vado da Oficina, protocolou denuncia de que o vereador acumulava cargo de chefia na prefeitura e acabou assumindo, como primeiro suplente, após a cassação do José Sérgio, o cargo de vereador na Câmara.

Após três tentativas de recursos na Justiça, os advogados que fizeram a defesa de José Sérgio conseguiram reverter a decisão da Câmara que cassou seu mandato e ele voltou a reassumir o cargo de vereador na semana passada. Participou da última sessão e disse ter sido injustiçado e perseguido.  

O vereador Hericson Carvalho Lino, presidente do PP que lançou seis candidatos a vereador, afirmou que o partido ficará neutro em relação a apoio aos candidatos a prefeito. “Oficialmente não vamos apoiar nenhum e nem outro”, afirmou. O vereador que concorre à reeleição justificou que a decisão foi tomada na convenção do partido.

Para a Câmara de Vereadores são 52 candidatos, sendo seis pelo PP, 14 pelo Solidariedade e 32 dos quatro partidos da coligação “Unidos por Mendonça” (PSDB-DEM-PSD-PDT).

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››