28 setembro 2020

Em Sales DEM fica fora da disputa, que tem cinco candidatos a pefeito



Em Sales o DEM, partido do atual prefeito Genivaldo de Brito Chaves, o popular Ni Baiano, ficará, pela primeira há história do município, totalmente fora da disputa. Ao todo serão cinco candidatos a prefeito nestas eleições que disputam o cargo pelo PTB, MDB, Patriota, PSB e PSL.

Ni Baiano, que chegou a enfrentar problemas com prestação de contas nos tribunais, resolveu que não sairia mais candidato à reeleição. “A partir do momento que eu falei que não seria mais candidato à reeleição, os companheiros do partido, que iriam sair candidatos a vereador, também resolveram não sair”, explicou o prefeito. “E os dois vereadores que eram do DEM se filiaram em outros partidos para poderem ser candidatos”. O prefeito disse que irá se manter neutro e que não apoiará publicamente nenhum dos candidatos à sua sucessão.

Ni Baiano disse que assumiu a prefeitura com dívida de mais de R$ 2 milhões junto à Previdência Social, ruas esburacadas e frota de veículos comprometida. Afirmou que espera deixar o cargo, em janeiro de 2020, “em azul” para o próximo prefeito. “Vamos fazer de tudo para deixar a prefeitura no ‘azul’ e toda organizadinha”, afirmou o prefeito Ni Baiano, por telefone, à reportagem da Folha do Povo.

Vice “pé quente”

O vice-prefeito Aparecido Roberto da Silva, do MDB, é um carpinteiro que já ocupa o cargo por oito anos consecutivos e com dois prefeitos diferentes. Primeiro ele foi vice-prefeito do ex-prefeito Charles Nardachioni e depois do prefeito Ni Baiano. Agora Branco, que diz ser “pé quente” nas eleições, resolveu apostar todas as fichas nele mesmo. É candidato a prefeito, tendo como candidata a vice a servidora pública Sueli de Amorim Alves, do mesmo partido.

O vereador Josemar de Abreu, do PSB, que já tentou no passado ser candidato a prefeito e não conseguiu aglutinar apoios para viabilizar sua candidatura, afirma que agora é a sua vez. Ele lançou sua candidatura tendo como companheiro de chapa o também vereador José Aparecido ramos, o Genaro, do PV.

O professor e vereador Aroldo Luiz Alves, do Republicanos, sai candidato a prefeito, tendo como candidato a vice-prefeito o vereador João Francisco Ribeiro, o João do Limão, do PTB. Os dois são ligados ao grupo político do ex-prefeito Chales Nardachioni.

Estreando na política o advogado Luís Carlos Abrão Jana Júnior, filho do ex-vereador com o mesmo nome, já postula alcançar a prefeitura de Sales, tendo como candidato a vice-prefeito o comerciante Alan Mendes Teodoro (PSL).  À Câmara são 63 candidatos a vereador.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››