29 agosto 2020

Violoncelista Abner Tofanelli pede ajuda para implementar projeto musical

Abner Tofanelli lança projeto para levar músicas nas ruas de São José do Rio Preto


O violoncelista Abner Tofanelli está organizando o sorteio de um violino e tem em mente de colocar nas ruas o projeto para levar música a todos os lares com a ideia de em cima de um caminhão colocar alguns músicos tocando. Ele está correndo atrás de patrocínios para o seu projeto. Mas enquanto as verbas do patrocínio não chegam ele lançou pela internet uma plataforma onde as pessoas podem adquirir bilhetes para o sorteio do violino, a preço de 10 reais cada um.

 Desde o fechamento do Calçadão, adiamento e suspensão de praticamente todos os eventos em 2020 Abner, assim como muitos outros pequenos artistas, foi duramente afetado pela pandemia do coronavírus. E os músicos e artistas precisam de dinheiro para poder continuar pagando suas contas, como aluguel, internet, faculdade, plano de saúde, etc.

 Abner e alguns músicos estão unidos nesses projetos e vão realizar o sorteio de um violino que poderá ser dado de presente para alguma criança carente que já esteja aprendendo a tocar o instrumento.

 A rifa custa apenas 10 reais e o ganhador será definido com base no resultado do 1º prêmio da extração da Loteria Federal do dia 12 de setembro de 2020. Para participar é muito simples. Basta acessar o link http://rifa.link/mxs e escolher o número desejado, de 000 a 999. Os números já adquiridos estão assinalados na cor azul. Após escolher o número o internauta preenche um rápido cadastro com seu nome, endereço e telefone e escolhe a opção desejada para pagamento.

 O sistema aceita todos os cartões de crédito e quem desejar também pode optar pelo pagamento por meio de boleto, acrescentado da taxa de 3,50 por boleto e não por números de bilhetes.

 Outra opção de compra e pagamento é pelo Whatsaap que pode fazer a compra de transferência do valor de até bilhetes.

 História do artista

 Abner nasceu em Santa Fé do Sul e veio para São José do Rio Preto para estudar aos 16 anos, após concluir o ensino médio. Já era músico, pois tinha ingressado no Projeto Guri em sua cidade e nasceu ouvindo música na igreja e dentro de casa. Sua mãe, pianista, tinha escola de música.

 Em São José do Rio Preto, Abner conta que um belo dia estava passando pelo calçadão e escutou o violinista Messias tocando na rua. Ele parou para ouvir e ficou assistindo admirado por uns 30 minutos o músico tocar. “Eu nunca tinha visto ninguém tocar na rua e fiquei ali maravilhado com o som do violino”, lembra. Como estava com o seu instrumento, o violoncelo, na caixa, o violinista pediu para ele tirar e tocar junto.

 “Eu morria de vontade. Mas mesmo assim topei tocar uma música ali de improviso junto com ele ao violino. Na primeira música que começamos a tocar juntos a corda do violino dele quebrou. Ele falou para mim continuar tocando e foi ali próximo comprar a corda do violino. E cheio de gente em volta, várias pessoas parando para assistir eu muito envergonhado continuei tocando e quando vi tinha ali na caixa do instrumento uns trinta reais e o Messias me deu esse dinheiro”.

 No dia seguinte ele estava logo cedo na casa do músico para ensaiar outras músicas para tocarem juntos no Calçadão. Messias mudou-se para São Paulo e Abner continuou tocando sozinho no Calçadão.

 “Um dia estava tocando no Calçadão e um cara chorava muito”, lembra. “Quando terminei a música essa pessoa, veio até mim, ainda chorando, e mostrou que dentro da mochila dele tinha uma corda e que era para tirar a sua própria vida. Mas me disse que depois que escutou a música, lembrou da mãe dele e resolveu que ainda precisava viver. A partir desse dia passei a ver a importância a importância da música e do meu papel em tocar nas ruas para as pessoas que não tem acesso a esse tipo de música”.

 “Muitas coisas mudaram na minha música. Hoje me sinto sou muito realizado. Não nada mais realizador para mim do que fazer o bem, através da música”.

 Abner já se apresentou em programas de televisão, como Fantástico da Rede Globo, Ratinho do SBT, Balanço Geral da Rede Record, Jornal da TV Cultura,  entre outros e ao lado de vários artistas nacionais e internacionais importantes como Sérgio Reis e várias duplas sertanejas. Viajou por vários lugares do Brasil e foi escolhido, no ano passado, para se apresentar no Projeto Música e Arte nos teatros do Sesi pelo Brasil afora.

Acessando o link abaixo é possível assistir vídeo que conta um pouco da história de Abner Toffaneli: https://www.youtube.com/watch?v=CJSKeAx2Heo&feature=youtu.be


Abner Tofanelli se apresentando no programa do Ratinho, no SBT

Apresentação de Abner no Teatro Arte do Sesi, em São Paulo

Abner Tofanelli se apresenta na rua, no Calçadão comercial de diversas cidades, e emociona as pessoas que assistem

Nesse período de pandemia os espetáculos cessaram e Abner Tofanelli  tem feito apenas algumas lives

Abner Tofanelli com os integrantes do Grupo Capivaras Strings


Abner Tofanelli acompanhado de seus colegas que o acompanham em algumas apresentações
Abner Tofanelli em apresentação com o grupo Capívaras Strings


Apresentando-se no Calçadão de São José do Rio Preto, antes do início da pandemia


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››