20 junho 2020

Mendonça endurece regras com uso obrigatório de máscaras e multa para os infratores

Mendonça com cerca de 6 mil habitantes enfrenta surto de Covid-19. Em menos de 15 dias, número de casos saltou de seis para 35 positivos. Autoridades locais estão preocupadas e estabelecem normas rígidas com multas para quem não usar máscaras 



Decreto assinado pelo prefeito de Mendonça, Antonino Caetano de Souza, o Sabiá (Partido Solidariedade), como é popularmente conhecido, endureceu as regras em relação ao combate à proliferação do coronavírus na cidade. Estabeleceu o uso obrigatório de máscaras e proibiu quaisquer tipos de aglomerações de pessoas dentro do território do município, incluindo praças, prainhas e áreas públicas dos condomínios fechados.

A pacata cidade de Mendonça, com cerca de 6 mil habitantes, distante a 50 quilômetros de São José do Rio Preto, é conhecida na região como local tranquilo para descanso nos finais de semana. Possui uma vistosa prainha à beira do rio Barra Mansa e quase uma dezena de condomínios de ranchos de lazer, onde costumam se concentrar grande número de turistas aos finais de semana para competições esportivas e festas de confraternizações. Tudo isso agora está terminante proibido por causa do aumento dos casos.

35 casos positivos

A cidade tinha, até o começo do mês, apenas seis casos registrados de Covid-19 e saltou, na semana passada, para 20 casos. E somente na última quinta-feira confirmou a existência de mais 15 casos em um único dia. “É realmente muito preocupante a situação em Mendonça”, afirmou o secretário municipal de Saúde, o médico Francisco Xavier Vieira, aditando que novos casos poderão serem confirmados nos próximos dias. A cidade aguarda o resultado de mais 25 testes.

Segundo o secretário, os casos afloraram porque a Secretaria de Saúde está indo atrás de possíveis suspeitos da doença para fazer a testagem. “Poucos municípios estão fazendo o que nós estamos fazendo aqui em Mendonça, que é ir atrás dos assintomáticos para que não espalhem esse vírus para outras pessoas.

Até a última sexta-feira, dia 19, a cidade registrava 35 casos positivos da doença. Desses, três estão internados em hospitais da região, sendo que outros quatro, que estavam internados, já se encontram recuperados, fora de perigo.

Xavier Vieira explica que a maior preocupação neste momento é isolar aqueles que contraíram a doença, e muitas vezes nem sabem, para não contagiarem outras pessoas. “Não são todas as pessoas que tem a mesma resistência”, ressalta. “E se muita gente contrair o Covid-19, ao mesmo tempo, poderá congestionar todo o sistema de saúde. É preciso que todos tenham essa conscientização do problema”.

Previsões não são boas 

“Infelizmente a realidade e as previsões não nada alentadoras para nossa região”, esclarece o secretário. A previsão dos médicos da Divisão do Escritório Regional de Saúde é que poderá haver uma demanda ainda maior de infectados nas próximas semanas. Estimam que o pico no aumento do número de casos na região poderá se estender até o dia 11 de julho.

Em Mendonça observa-se que os casos tem acontecido em pacientes na faixa etária entre 21 a 60 anos, que são as pessoas que estão economicamente ativas e que menos guardam o isolamento social. Os números também mostram incidência maior nas mulheres. Segundo levantamento da Secretaria de Saúde, 60% das pessoas contaminadas em Mendonça são do sexo feminino.

Nem o prédio da prefeitura escapou da contaminação. Um dos funcionários, que trabalha dentro do Paço, ao lado do gabinete do prefeito, também testou positivo. Ele foi afastado do serviço e o local teve de ser totalmente desinfectado. A situação colocou todos os demais servidores e até o prefeito Sabiá e o vice-prefeito Juliano de Oliveira (PSDB) em estado de alerta. Os dois agora não desgrudam das máscaras e nem do álcool em gel.

“Carrego direto no meu carro e, também no carro da minha esposa, um frasco de álcool em gel”, informa o vice-prefeito Juliano. “Não podemos brincar com esse vírus”.

Multa pode chegar a R$ 5 mil 

No decreto, o prefeito ressalta que a pandemia significa risco potencial dessa doença infecciosa de atingir a população de forma simultânea. “A saúde é direito de todo e dever das autoridades políticas, sociais e econômicas”, afirma o prefeito.

Pelo decreto fica determinado no âmbito do município de Mendonça a obrigatoriedade do uso de máscaras nas áreas públicas, nos estabelecimentos comerciais e deslocamentos para a realização de quaisquer atividades. O descumprimento sujeitará ao infrator multa de R$ 49,91. No caso de empresa, o valor da multa a ser aplicada será dez vezes maior: R$ 499,10. No caso de reincidência o valor da multa será dobrado. Permanecendo o descumprimento o alvará de funcionamento será cassado.

Para as áreas comuns dos condomínios de ranchos de lazer a multa poderá chegar a R$ 5 mil em caso de aglomerações de pessoas para a realização de festas, confraternizações ou atividades esportivas que reúnam grande número de pessoas. Além das multas, a prefeitura informa que estará denunciando os infratores à Justiça por crime de desobediência.

As ruas da pacata cidade de Mendonça agora estão praticamente vazias por causa do cronavírus

A prainha de Mendonça, na beira do rio Barra Mansa, antes sempre agitada nos finais de semana, agora está interditada para o acesso do público por causa da pandemia do coronavírus

Boletins agora são expedidos diariamente pela Secretaria Municipal de Mendonça

Funcionário desinfecta a entrada do Paço Municipal, depois que um servidor testou positivo

Todas as salas em todos os departamentos da prefeitura tiveram que ser desinfectadas com álcool em gel

Armários, mesas e cadeiras bem como as paredes em todos os departamentos foram desinfectados 

O resultado positivo em um dos funcionários colocou todos os demais em estado de alerta na prefeitura de Mendonça

A entrada no prédio da Prefeitura de Mendonça passou a ser mais restrita e controlada
Funcionário da Prefeitura realiza desinfecção na parte externa do estacionamento de um dos supermercado da cidade
Todas as praças da cidade receberam jatos com produto apropriado para desinfecção contra o coronavirus
Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Mendonça também receberam desinfecção contra o coronavirus
Funcionário realizada desinfecção contra o coronavirus na Unidade Central de Saúde de Mendonça

Todas as salas de todos os departamentos foram desinfectadas e higienizadas contra o coronavirus


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››