08 maio 2020

Dia das Mães é uma das datas mais importantes para o comércio e famílias



Dia das Mães é uma das principais datas para o comércio e para as famílias

O Dia das Mães é uma das datas comemorativas mais importantes no Brasil. Depois do Natal é a segunda data de maior movimento para o comércio. Nesse tempo de pandemia do coronavírus a maioria das lojas está atendendo pelo sistema delivery, para não perder vendas.

As lojas da área central e dos shoppings, trabalhando no formato delivery, oferecem diversas opções de presentes, como perfumes, sapatos, sandálias, cremes de cuidados com a pele, roupas, enfim tudo para agradar as mães.

Além de ser uma das datas comemorativas mais importantes para o comércio e famílias brasileiras, historicamente, o Dia das Mães também desempenha um papel central para o faturamento do varejo.

Como o próprio nome sugere, trata-se de uma data que homenageia as mães e que foi estabelecida no Brasil, de maneira oficial, por um decreto emitido pelo presidente Getúlio Vargas. Sua origem moderna remonta aos Estados Unidos, no começo do século 20.

Mas antes disso, a comemoração do Dia das Mães já era festejada na Grécia antiga. A entrada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos Deuses na mitologia grega.

No século 17, a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesses dias, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães.

Estados Unidos e Brasil

Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data especifica para a celebração das mães foram dadas em 1871 por Julia Howe, autora da letra do hino do país. Mas foi outra americana, Ana Jarcis, da Filadelfia, que em 1907 iniciou a campanha para instituir o Dia das Mães.

Ana Jarcis perdeu sua mãe e entrou em grande depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória de sua mãe com uma festa. Ana quis que a homenagem fosse extensivas a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo a comemoração se alastrou por todo o país e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Wilson: dia 9 de maio.

No Brasil, a data é celebrada no segundo domingo de maio, desde 1932 quando foi oficializada pelo presidente Vargas. O primeiro Dia das Mães brasileiro foi promovido pela Associação de Moços de Porto alegre, no dia 12 de maio de 1938. Em 1947, dom Jaime de Barros Câmara, cardeal-arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também do calendário oficial de eventos da Igreja Católica no Brasil.

Rei Salomão

Um episódio bíblico conta que o rei Salomão, que é bastante revenerado pela Maçonaria, diante de duas mulheres que afirmavam que uma mesma criança lhes pertencia, determinou que se dividisse ao meio o menino, usando para isso, um golpe de espada, e que cada uma ficasse com uma metade.

Uma delas, então, desistiu da contenda e disse que preferia perder o filho a vê-lo morto. Salomão, em sua sempre infinita sabedoria e bondade, concluiu rapidamente que aquela era a verdadeira mãe da criança, porque somente o amor de mãe é capaz de uma renúncia como essa.

Duas mulheres reivindicam a mesma criança dizendo ser seu filho. O Rei Salomão teve uma sabia decisão 


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››