17 março 2020

Sem escolas, novelas e futebol. A nova realidade brasileira

Coronavirus muda a rotina dos brasileiros em todo o País



O avanço do coronavirus promoveu mudanças profundas no cotidiano brasileiro. As aulas foram suspensas em todas as escolas públicas e particulares. Ginásios de esportes, centros de eventos e parques de recreação fechados por tempo indeterminado. Os campeonatos de futebol, shows, bailes e até o Festival Internacional de Teatro (FIT) foram suspensos.

As três principais redes de televisão brasileira anunciaram mudanças em suas programações, com  a suspensão das novelas, a retirada do público nos programas de auditório e ampliação da grade de jornalismo para dar maior cobertura sobre o coronavirus.

Além das mudanças nos canais abertos, todos os canais pagos e serviços de tv por assinatura decidiram disponibilizar toda sua programação gratuitamente por conta da recomendação do governo para que as pessoas permaneçam em casa.

Desde domingo os seis canais da Telecine (Premium, Action, Fun, Pipoca, Touch e Cult), que tem programação voltada para exibição de filmes, estão disponíveis em todas as operadoras de tv por assinatura por tempo indeterminado. Assim como os canais HBO, TNT, Animal Planet, Band News, Globo News, BBC, CNN, Canal Brasil, Comedy Central, Discovery, H&H, GNT, Megaptx, Multishow, Paramound, Sony Channel, Sport TV, Universal Channel, Viva e Warner, BandSports, Terra Viva, Arte1, AMC, entre outros também estão disponíveis gratuitamente para todos os assinantes das tvs por assinatura. A iniciativa se estenderá, inicialmente, pelas próximas duas semanas.

Sesc fechado
Mediante determinação do diretor-geral do Sesc, Danilo de Miranda, de 17 a 31 de março, todas as 43 unidades do Sesc estarão fechadas. A decisão foi tomada a fim de evitar a propagação do vírus Covid-19.

Após proibir a entrada de púbico em jogos no último final de semana, a Federação Paulista de Futebol (FPF) resolveu suspender por tempo indeterminado todas as partidas dos diversos campeonatos em andamento.

A Polícia Federal suspendeu a emissão de novos passaportes até segunda ordem e os Consulados dos Estados Unidos cancelaram as entrevistas de solicitação de vistos.

O Fórum de São José do Rio Preto e de diversas cidades brasileiras suspenderam por 15 dias a realização de audiências por conta da prevenção contra a transmissão do coronavirus.  As audiências poderão voltar a ser realizadas a partir de abril.  Nesse período o atendimento ao público também está suspenso.

Prefeitos da região pedem apoio da população para que permaneçam em suas casas. A Prefeitura de Mendonça determinou o fechamento da Prainha Municipal pelos próximos 15 dias. A medida poderá se estender para mais dias, dependendo da evolução da situação da proliferação do coronavirus.

O prefeito de Nova Aliança, Vandil Baptista Casemiro (PDT), alerta que a suspensão das aulas não é férias escolares. É para os pais deixarem as crianças em segurança em casa, longe aglomerações de pessoas como determinou o Ministério da Saúde.
Prainha de Mendonça ficará fechada até a situação ser normalizada em todo o Pais
Material de orientação à população distribuído pela Prefeitura de Nova Aliança

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››