15 dezembro 2017

Rio Preto se classifica em 14º lugar no Programa Município Verde Azul

Prefeito Edinho Araujo recebe troféu de classificação de Rio Preto no Programa Município Verde Azul

Em evento realizado nesta quarta-feira, 13 de dezembro, no Palácio dos Bandeirantes, a cidade de São José do Rio Preto se classificou em 14º lugar no ranking de municípios do Programa Município Verde Azul (PMVA), da Secretaria do Meio Ambiente. O município obteve 87,59 pontos. 

A cidade de Novo Horizonte pelo terceiro ano consecutivo lidera o ranking dos municípios do Programa. O município obteve 97,45 de pontuação. Na segunda colocação ficou Fernandópolis, com 96,22 e, em terceiro, o município de Pederneiras, com 94,61.

Depois de Rio Preto, os municípios da região melhores classificados neste ano no PMVA foram Catanduva (38º lugar), Nova Aliança (53º) e Mendonça (73º). Mas todos esses três sofreram queda na classificação, comparada com a do ano anterior quando Catanduva ficou em quarto lugar e Nova Aliança em 27º lugar.

O deputado Itamar Borges (PMDB), membro da comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, entregou o prêmio junto com o secretário Maurício Brusadin e o diretor do Programa José Valter Figueira.

Criado durante a gestão do ex-secretário Xico Graziano, esta foi a 10ª Edição do Prêmio Município VerdeAzul. “Tenho muito orgulho de ter participado de todas as edições do prêmio. Na primeira edição, como prefeito de Santa Fé do Sul, o município alcançou a primeira colocação geral no ranking estadual”, afirmou o deputado Itamar Borges. 

O parlamentar também foi um dos coordenadores do programa por dois anos e nos últimos sete anos participa como deputado estadual. 

“O VerdeAzul tornou-se uma política pública que conseguiu a adesão de mais de 600 prefeitos. Desde sua criação, há 10 anos, o Município VerdeAzul mudou à qualidade ambiental de milhões de pessoas”, afirmou Maurício Brusadin, secretário estadual do Meio Ambiente. 

O vice-governador Márcio França ressaltou que, “as coisas que duram mais tempo tendem a ser mais bem realizadas. Em 10 anos, o Programa virou marca de credibilidade. As cidades se orgulham de participar e ganhar o prêmio”, disse.

Lição de casa
A secretária do Meio Ambiente de Rio Preto, Kátia Penteado, destacou que teve apoio de todas as outras secretarias para que o município melhorasse sua classificação no ranking. “Estamos fazendo a lição de casa e nos empenhamos muito para melhorar ainda mais nossa posição. Subimos 18 posições em um único ano e esse resultado é muito positivo, mas ainda temos muito a avançar”, reiterou a secretária.


O Ranking Ambiental é resultado da avaliação técnica das informações fornecidas pelos municípios, com critérios pré-estabelecidos de medição da eficácia das ações executadas. O Indicador de Avaliação Ambiental (IAA) é publicado para que o poder público e toda a população possam utilizá-lo como norteador na formulação e aprimoramento de políticas públicas e demais ações sustentáveis.

Deputado Itamar Borges entrega o troféu de classificação para o prefeito Edinho Araújo


Secretário do Meio Ambiente entrega prêmio para o prefeito de Novo Horizonte, Toshyo Toyota

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››