sexta-feira, 17 de abril de 2020

Filtros Mann esclarece postagens sobre a empresa em redes sociais

A empresa de origem alemã, instalada a 70 anos no Brasil, produz toda linha de filtros automotivos



Diferentemente do que tem circulado nas redes sociais, a fabricante de filtros automotivos Mann+Hummel divulgou nota de esclarecimento à imprensa para informar que não produz máscaras faciais em larga escala.

A empresa informa, em nota distribuída por sua assessoria de imprensa, que foi produzido um lote experimental de máscaras faciais com tripla proteção para análise e validação dos órgãos de saúde, quanto à sua eficácia e, após validações, a empresa estuda a doação dessas máscaras às unidades de saúde.

Veja a nota de esclarecimento da Mann+Hummel:

“Em virtude das informações divulgadas pelas redes sociais a respeito da produção de máscaras faciais pela MANN+HUMMEL, empresa alemã especialista em sistemas de filtragem, esclarecemos que o conteúdo divulgado não reflete a opinião e o posicionamento da empresa em relação ao assunto tratado em questão.    

Torna-se importante esclarecer que, em decorrência da pandemia do Covid-19, a MANN+HUMMEL, uniu forças em seus departamentos para reformular uma linha de produção que permitisse a fabricação de máscaras faciais, com o objetivo de atender os profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate à doença.

Como esse item não faz parte do portfólio de produtos da empresa, foi produzido um lote experimental de máscaras faciais com tripla proteção para análise e validação dos órgãos de saúde, quanto à sua eficácia. Após validações, a empresa estuda a doação dessas máscaras às unidades de saúde.

A MANN+HUMMEL, esclarece que, nesse momento, a empresa está em processo de adequação de suas linhas de produção para atender a necessidade que se mostra crescente desse produto e, estuda a possibilidade de ampliar sua capacidade para contribuir com a demanda do mercado.”

Mais esclarecimentos

A reportagem da Folha do Povo, manteve contato, por telefone, com o jornalista Jean Spaduzano, que informou que a notícia divulgada pelas redes sociais trata-se de uma “meia-verdade”. A empresa, de origem alemã, mas que está há 70 anos no Brasil, produz toda linha de filtros para carros em larga escala e fez uma experiência para tentar produzir máscaras.

Disse, conforme também consta na nota, que a empresa ainda estuda processo de adequação de suas linhas de produção de máscaras para atender a necessidade que se mostra crescente, com objetivo de contribuir com a demanda do mercado. E por fim esclarece que o conteúdo divulgado nas redes sociais não reflete a opinião e o posicionamento da empresa em relação ao assunto tratado em questão.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››