quarta-feira, 15 de abril de 2020

Edinho atende ACIRP e ACOMAC e flexibiliza funcionamento do comércio

Atendendo pedido da ACIRP e da ACOMAC prefeito flexibiliza normas de funcionamento do comércio durante a pandemia


O prefeito de Rio Preto Edinho Araújo (MDB) anunciou em live, transmitida ao vivo pelas redes sociais, nesta quarta-feira (15) novo decreto para flexibilizar a abertura de alguns setores do comércio como óticas, cabeleireiros, lojas de materiais de construção, entre outros. O anúncio foi feito ao lado dos secretários Aldenis Borin, da Saúde, e Adilson Vedroni, dos Negócios Jurídicos.
  
A medida será publicada nesta quinta-feira (16) no "Diário Oficial do Município" e atende reivindicação apresentada pelo novo presidente da ACIRP (Associação Comercial e Industrial de Rio Preto), Kelvin Kaiser, e do presidente da ACOMAC (Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção), Milton de Carvalho. Os representantes da ACOMAC tinham inclusive ingressado na Justiça com pedido de liminar para que as lojas de materiais de construção fossem abertas. Milton de Carvalho quer saber agora como vão ficar as multas aplicadas às lojas do setor.

O prefeito disse que está agindo de forma responsável em consonância com as orientações das autoridades da Saúde e lamentou que alguns setores estão tentando tirar proveito político da situação.

Segundo o prefeito, os resultados da doença em Rio Preto mostram que ele está no caminho certo.  O secretário da Saúde fez questão de frisar que “em nenhum momento o prefeito interferiu nas decisões do Comitê Gestor Municipal do Covid-19”.

De acordo com Borin, essa flexibilidade na abertura de alguns setores do comércio só está sendo possível “porque a prefeitura e a população estão fazendo o dever de casa, ou seja o isolamento e o distanciamento social”.

Vedroni ressaltou que o Decreto 18.586 passa a valer a partir desta quinta-feira, alterando as regras do funcionamento do comércio, indústria e prestadores de serviços devido à crise de combate da pandemia do Corovírus. O decreto, segundo ele, flexibiliza a reabertura para algumas atividades, que estavam impedidas de funcionar.

Ele ressaltou, no entanto, que esses setores, como lojas de materiais de construção, salões de cabeleireiros, óticas e lojas de produtos ortopédicos, além de bares, lanchonetes e restaurantes poderão funcionar desde que atendam algumas normas estabelecidas no decreto. Entre as normas está a obrigatoriedade de todos os atendentes das empresas trabalharem usando mascaras e somente permitirem a entrada de clientes nos locais usando máscaras, além de disponibilizarem álcool em gel.

Os bares, lanchonetes, restaurantes e similares não poderão servir alimentos para serem consumidos no local. Somente poderão funcionar com o sistema delivery. O prefeito alertou ainda que a prefeitura e o Comitê Gestor estarão acompanhando os resultados e, caso, houver crescimento do índice de infectados no município que poderão ser tomadas novas medidas para tentar conter o alastramento da doença.

Prefeito Edinho Araújo, ao lado dos secretários Vedroni e Borin, anuncia flexibilização para reabertura de
alguns setores do comércio, atendendo pedidos da ACIRP e da ACOMAC 

Dados atualizados do Coronavírus em São José do Rio Preto

Quadro elaborado pela Secretaria de Comunicação mostra as novas atividades liberadas para
 funcionar a partir desta quinta-feira em Rio Preto

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››