sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Deputados da região não estão entre os primeiros colocados no Ranking dos Políticos



Os deputados da região estão longe da posição dos melhores no Ranking dos Políticos


O “Ranking dos Políticos” – plataforma digital que compara o desempenho dos parlamentares brasileiros – mostra os deputados e senadores que tiveram o melhor desempenho no exercício do mandato, ao longo de 2019. Mas nenhum deputado da região figura entre os melhores mais bem posicionados. O portal www.politicos.org.br classifica senadores e deputados do melhor para o pior de acordo com os critérios de presença nas sessões, economia na cota parlamentar, ficha limpa e votação nas principais decisões do Congresso.

Os dois parlamentares que representam a região na Câmara dos Deputados ficaram longe dos primeiros colocados no ranking. Fausto Pinato, do PP, ficou na 295ª posição entre os 513 deputados e em 25º lugar pela bancada paulista. Geninho Zuliani, do DEM, ficou ainda pior no ranking, ocupando a 316ª posição nacional e em 47º lugar no Estado.

Pinato teve 12 faltas neste ano, das quais oito não justificadas. Nas comissões das quais ele faz parte faltou 48 vezes, sem justificativas. E consumiu até o dia 14 de novembro R$ 245,7 mil de sua cota parlamentar. Possui 31 assessores. Entre eles Richard Ambrósio, filho do presidente da Câmara de Rio Preto, Paulo Pauléra Ambrósio. Já Geninho faltou em seis sessões, sendo quatro delas não justificadas. Também faltou, sem se justificar, em 43 reuniões das comissões parlamentares. Tem 20 assessores, entre eles a ex-vereadora tucana Alessandra Trigo Alves. E gastou, até o dia 14 de novembro, R$ 300,7 mil.

Mantido por entidade do terceiro setor – sem dinheiro público – de forma transparente e apartidária, o portal www.politicos.org.br classifica senadores e deputados e mostra o levantamento de todos os processos judiciais a que os parlamentares respondem. É possível ver, por exemplo, que o ex-senador e agora deputado Aécio Neves (PSDB-MG) responde a sete processos por atos de improbidade administrativa, por crime de corrupção e lavagem de dinheiro. Clicando no número do processo, o internauta é encaminhado para o andamento da ação. É possível pesquisar pelo nome do político ou tipo de acusação.

O deputado Tiago Lima Mittraud de Castro Leite, do Partido Novo de Minas Gerais, foi o parlamentar mais bem avaliado no Ranking. Entre os 35 mais bem avaliados estão seis deputados de São Paulo: Adriana Ventura (Novo), Alex Fonteyne (Novo), Kim Kataguari (DEM), Guiga Peixoto (PSL), Guilherme Derrite (PP) e Coronel Tadeu (PSL). Dos 35 parlamentares premiados pelo ranking, 30 fazem parte da renovação política e apenas cinco foram reeleitos.

Modo de fiscalizar os políticos

“A premiação é um modo de lembrar aos deputados e senadores de que seu comportamento vem sendo observado pela população”, avalia Renato Dias, diretor do Ranking dos Políticos. “Há muita curiosidade sobre o desempenho dos políticos neste primeiro ano do novo Congresso, que teve recorde de renovação nas últimas eleições”, acrescenta ele.

O objetivo do site é ajudar a população a fiscalizar os políticos do Congresso Nacional, a partir da análise objetiva dos mandatos dos parlamentares. Todos os dados utilizados para as avaliações do Ranking são obtidos diretamente dos sites do Senado e da Câmara Federal. Cada ponto ganho ou tirado está documentado, com a origem da informação e a fonte, de modo que qualquer pessoa possa conferir.

 Mais informações podem ser obtidas no www.politicos.org.br e nas redes sociais do Ranking dos Políticos.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››