quarta-feira, 3 de abril de 2019

Plataforma online internacional leva alunos da região ao mundo dos negócios

Estudantes terão a experiência de desenvolver projetos empreendedores e sustentáveis.

Promover o desenvolvimento de competências socioemocionais e do mundo do trabalho, por meio de uma plataforma online: Esse é o objetivo do projeto "Educação para a Sustentabilidade", da Triunfo Transbrasiliana, concessionária que administra a BR-153/SP, em parceria com o Instituto Triunfo e a DreamShaper – startup Portuguesa especializada em educação.


Por meio da plataforma online, estudantes aprendem a gerar e estruturar ideias para a criação de negócios empreendedores tradicionais ou negócios de impacto social, relacionados com os conteúdos trabalhados em aula. Além do desenvolvimento das competências socioemocionais e do mundo do trabalho, os alunos também aprendem sobre metodologias como Design Thinking, Canvas, Blue Ocean, Gestão de Projetos e sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.


Nesse primeiro ano de parceria, serão beneficiados aproximadamente 1400 alunos, sendo 200 da ETEC de Lins - Centro Paula Souza, que já estão recebendo o projeto em primeira mão, na sua versão piloto. Além dos alunos, os professores também são beneficiados, recebendo um curso de formação para aprender a lidar com a ferramenta e orientar os estudantes.


O software utilizado no projeto contou com o apoio de professores das universidades americanas de Harvard, Stanford e Georgetown e de diversos profissionais e instituições brasileiras, para adaptar à realidade local.


Para a Gerente de Comunicação e Sustentabilidade da Triunfo Transbrasiliana, Pricilla Ratto, a plataforma utiliza o empreendedorismo para transformar realidades. “Com o projeto, os alunos terão a oportunidade de empreender e criar uma conexão direta entre o conhecimento da sala de aula e a vida real utilizando métodos de ensino e reconhecidas no mundo todo. Estamos orgulhosos em trazer a DreamShaper para Lins e contribuir para o desenvolvimento social da nossa região”, comenta.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››