sexta-feira, 19 de abril de 2019

Mendonça participa de Oficina Preparatória para a Operação Estiagem

Representantes de diversas cidades participaram da Oficina e Mendonça enviou cinco representantes

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC/SP), em conjunto com as Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Policiamento Ambiental e Corpo de Bombeiros realizaram na última terça-feira, em São José do Rio Preto, a Oficina Preparatória para Operação Estiagem (OPOE). O intuito da oficina é preparar os municípios para lidarem com o período de seca, em que são registrados altos índices de queimadas, a chamada Operação Corta Fogo 2019. O evento foi dividido em duas etapas, aula teórica realizada na Acirp (Associação Comercial e Industrial de Rio Preto) e a prática, na sede do Corpo de Bombeiros.

Mendonça esteve representada pelo coordenador municipal do Meio Ambiente, Nilton Aguiar Junior, os brigadistas José Carlos Mantovani, Luciano Ferreira, Sérgio Columbari e o Paulo Anselmo.

Nessas oficinas que acontecem em todo o Estado de São Paulo, são abordados temas de interesse local para a construção de rede de prevenção de riscos e de desastres, ensinando os municípios a utilizarem as ferramentas existentes, como legislação aplicada à proteção e defesa civil, elaboração de plano de contingência para o período de estiagem, critérios para a decretação de situação de anormalidade e solicitação de recursos às esferas estadual e federal, além do uso de aeronaves para combate a incêndios em cobertura vegetal, sendo que tais fatores fazem parte do Programa Município Verde Azul, que tem como propósito medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental.

Além da preparação na oficina, os servidores também pedem a ajuda da população na prevenção de incêndios. Algumas pequenas atitudes podem evitar grandes estragos, como jogar cigarros ou fósforos acessos às margens das rodovias, especialmente de carros em movimentos; assim como não soltar balões que, além de crime, pode provocar acidentes aéreos, incêndios florestais e são um perigo para refinarias e indústrias químicas.



0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››