quinta-feira, 18 de abril de 2019

Emagreceu sem tomar remédio, com fé, exercício físico e dieta alimentar.


 
Difícil acredita que os dois homens (o de camisa amarela na foto da esquerda e o da foto da direita)
 na foto fotomontagem acima são a mesma pessoa
Muitos não acreditam quando encontram Eduardo Barros Cavalcante e comparam com a imagem dele três anos atrás. Alguns pensam que não se tratam da mesma pessoa. A voz é a mesma, mas a aparência mudou totalmente. Em menos de três anos ele perdeu 75 quilos.

Antes Eduardo, que hoje tem 33 anos, pesava 150 quilos e tinha vergonha do seu corpo. “No colchão da minha cama formou-se um buraco no meio de tanto peso”, conta, lembrando que tinha vergonha de ir nos lugares, pois sentia-se mal de ver os outros olhando com desdém.

“Eu tinha vergonha de mim”, lembra. “Não encontrava roupas, nas lojas, que servissem em mim. E vivia comendo. Eu comia uma pizza grande inteira acompanhada de dois litros de refrigerante. Tinha dificuldades para dormir. Parecia que estava me afogando, me sufocando com a minha própria gordura”.

Medindo 1,75 metro e pesando 150 quilos, ele chegou a conclusão que pesava praticamente um quilo por cada centímetro de altura e era preciso fazer alguma coisa para mudar seu estilo de vida. Por causa do peso excessivo perdeu o emprego de mais de três anos numa indústria moveleira e caiu em depressão. E aí começou a comer, comer mais e mais ainda. “Não tinha mais limites. Saia com amigos para comer pizza e antes de ir para casa passava em alguma lanchonete para comer um X-Tudo”.

Filho de um pastor da Assembléia de Deus, Eduardo resolveu buscar ajuda na fé, na mudança de hábitos alimentares e nos exercícios físicos. O pastor Júlio César dos Santos, da Igreja Missão da Fé, do Jardim Urano, foi um grande conselheiro espiritual para Eduardo fazer drásticas mudanças em sua alimentação. “Eliminei a carne vermelha e comecei a me cuidar”.

O personal trainer Gustavo Roiana, da Academia Runix, foi seu grande incentivador para iniciar as práticas de exercícios físicos. “No primeiro dia que cheguei na academia para iniciar os treinamentos quando subi na esteira me deparei com um aviso colado logo de frente ‘peso máximo suportado: 150 quilos’. Ai eu pensei se eu subir nessa esteira eu vou quebrar o equipamento e todos vão ficar me olhando. Deu vontade de ir embora e não voltar mais”.

Gustavo foi incentivando, dando dicas de exercícios e sugestões alimentares para Eduardo. “Ai eu peguei gosto pelos exercícios. Consegui, sem tomar remédio ou fazer cirurgias, emagrecer metade daquilo que eu pesava. Antes eu não tinha vontade prá nada. Tinha vergonha. Vivia escondido. Tocava na igreja, mas sempre ficava num canto escondido para ninguém me ver”, conta.

Hoje Eduardo dá aulas de instrumentos como violão, guitarra, contra-baixo e teclados e garante que tem “vontade e alegria de viver”. Até uma bonita namorada ele conseguia. “Antes as mulheres nem chegavam perto”. Ele espera que seu exemplo sirva de reflexão para outras pessoas que se encontram na mesma situação e se coloca à disposição para ajudar. Quem quiser pode encontra-lo na Igreja Missão da Fé, na rua Potirendaba, 2390.

Eduardo conta que antes não tinha muito escolha na hora de comprar roupas

Agora Eduardo Cavalcante vive se olhando e admirando no espelho

Eduardo perdeu 78 quilos em menos de 3 anos

Muito diferente de antes, agora é só alegria para Eduardo

Um comentário:

  1. Quando conheci o Eduardo na academia RUNEX, percebi logo de início que era um rapaz de alto astral e que transmitia muita alegria a todos, conhecendo então a sua história e dedicação passei a admirá-lo e enxergar como um grande exemplo a ser seguido. Luiz Carlos Amaral (santista).

    ResponderExcluir

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››