quarta-feira, 17 de abril de 2019

Eládio Arroyo: 98 anos dedicados ao bem das pessoas

Eládio Arroyo e a esposa Letícia Arroyo, durante homenagem recebida da Acirp nos salões do Automóvel Clube



São José do Rio Preto amanheceu triste na manhã desta terça-feira (16) com a notícia da morte do empresário Eládio Arroyo Martins. Além de empresário bem sucedido, ele foi construtor, contador e advogado. Presidiu o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) de Rio Preto por três décadas e era conselheiro do SESC São Paulo.

Foi graças ao empenho dele que São José do Rio Preto ganhou uma unidade do Sesc. Nascido em Monte Aprazível, Eládio completaria 100 anos de vida no próximo dia 7 de maio. Exerceu diversos cargos diretivos na Associação Comercial e Industrial de Rio Preto (ACIRP), atuou como conselheiro do Prodei (Programa de Desenvolvimento Industrial de Rio Preto) e como membro da diretoria da Federação do Comércio no Estado de São Paulo (Facesp);

Esteve a frente do Sindicato do Comércio Varejista, ocupando por quase quatro décadas a presidência do Sincomércio. Foi casado com Letícia Di Lorenzo Arroyo, falecida há dois anos, por 63 anos. Com ela teve dois filhos: Ricardo e Roberto, que proporcionaram-lhe cinco netos, e com eles deixou o legado do empreendedorismo.

Dentro do Lions Clube Internacional, Eládio era considerado como ícone importante por ter sido fundador de 25 clubes em cidades interioranas de São Paulo e Minas Gerais. Esse recorde, feito no período em que ele foi o primeiro governador do Distrito LC-6, até hoje não nunca foi superado por nenhum outro no Brasil e no mundo.

Em razão disso, compareceram ao velório, além de dezenas de presidentes de clubes, sete ex-governadores do Distrito e o futuro governador Gustavo Gil Machado. A atual governadora Maria Aparecida Destito Pollizzon estava em visita oficial na cidade de Pedregulho, mas telefonou para familiares de Eládio e enviou coroa de flores.

O filho Ricardo, que sucedeu o pai nos negócios e na presidência do Sincomércio, lembra que ele “era uma pessoa batalhadora que gostava de ajudar”. “Ele ajudou a construir a igreja da Vila Toninho, os primeiros barracões do São Judas Tadeu, em 1960. Como governador do Lions, foi o maior fundador de clubes no Brasil. Sempre se dedicou ao benefício de terceiros, dando o máximo de si para ajudar as pessoas”, afirma Ricardo.

“Batalhou a vida inteira dando para mim, para meu irmão e nossos filhos um caminho que sempre procuramos seguir, de honestidade, de trabalho, de resistência, de fazer aquilo que é correto”.

O presidente do Lions Clube Centro de São José do Rio Preto, ao qual Eládio ainda era sócio ativo,  jornalista Nelson Gonçalves, ficou impressionado com a quantidade de ligações e mensagens que recebeu ao longo do dia pelas redes sociais. Foram mais de 100 mensagens e ligações, vindas de todas as partes do Estado e até de Minas Gerais. “Isso vem a comprovar que o doutor Eládio era uma pessoa muito querida por todos”.

“Foi uma perda irreparável para o leonismo”, afirmou José Gueia, ex-governador do Distrito. “Eládio foi padrinho de vários clubes na nossa região, inclusive do nosso em Tanabi”, lembrou Valdir Uchoa, presidente do Lions de Tanabi.

O presidente do Lions Clube Sul, de Rio Preto, publicitário Damilton Lopes, conta que no evento que comemorou os 50 anos do clube, durante visita oficial da Governadora Cidinha Pollizzon, os associados tiveram a grata satisfação de receber e homenagear o fundador do clube. “Nessa oportunidade, o Eládio confidenciou para a minha esposa, Regina, da alegria em ver o Lions com alegria e energia. Que bom que deixamos esta imagem para o nosso querido e sempre ex-governador do nosso Distrito”.


Vinicius Brumato, presidente do clube caçula do Distrito que leva o nome de Letícia Arroyo, conta que estava organizando junto com os filhos uma festa para a comemoração de um ano de fundação do clube e dos 99 anos do Eládio, que iria acontecer na primeira semana de maio. “Estávamos em contato direto, com vários projetos a serem executados, pessoa apaixonante, motivadora, cheio de vida, encantador, que deixará não só o seu conhecimento, mais uma enorme saudade”, afirmou Brumato.


O prefeito Edinho Araújo decretou luto de três dias na cidade de São José do Rio Preto..

Eládio recebe placa de homenagem das mãos da Governadora Cidinha, durante comemoração dos 50 anos do Lions Sul

Governadora Cidinha e  Eládio descerram placa, observados pelo casal presidente do Lions Sul

Governadora e Eládio descerram placa que marcou os 50 anos de fundação do Lions Clube Sul, em Rio Preto

Nelson Gonçalves, presidente do Lions Centro, Eládio Arroyo e Claudecir Gonçalves, coordenador de Divisão do Lions 

Governadora Cidinha, Eládio Arroyo e o casal presidente do Lions Clube Centro de Rio Preto, Nelson e Mila Gonçalves

Eládio Arroyo sendo condecorado com medalha pela governadora Cidinha

Eládio mostra placa recebida da Governadora do Lions como reconhecimento pelo seu trabalho ao Lions


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››