domingo, 10 de fevereiro de 2019

O Horário de Verão termina no dia 16 de fevereiro




A partir da meia-noite do  próximo dia 16 (sábado) ou zero hora do dia 17 (domingo) os relógios devem ser atrasados em uma hora nos Estados em que Horário de Verão é válido. São Paulo é um dos 11 Estados onde os relógios devem ser atrasados em uma hora.

O Horário de Verão termina e o governo discute se acaba com o período. Os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste precisarão atrasar o relógio. Para este ano, o Governo volta a discutir se mantém ou não a determinação. A decisão será da Casa Civil da Presidência da República.

O fim do Horário de Verão chegou a ser estudado no ano passado, durante o governo do presidente Michel Temer, que criou um grupo de trabalho para avaliar a eficácia da medida. O grupo chegou à conclusão de que essa mudança de horário traz efeitos “próximos à neutralidade” com relação à economia de energia elétrica. Os resultados da atual temporada serão analisados após o fim de semana.

O Governo do presidente Jair Bolsonaro prepara novo estudo sobre a eficácia do período. A intenção é saber se a política atinge seu objetivo de economizar energia elétrica. Esse levantamento técnico será decisivo para continuar mantendo ou não o horário de Verão. Além de analisar a questão da economia de energia, existe, também, um entendimento de que esse período incentiva o comércio e o turismo em algumas cidades.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››