quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Skaf declara apoio à Márcio França e diz que São Paulo precisa de gente que fala a verdade

Paulo Skaf declara apoio à Márcio França, durante encontro dos dois numa escola do Sesi

O candidato do PSB ao governo de São Paulo, Márcio França, anunciou o apoio à sua candidatura por parte de Paulo Skaf, do MDB, o terceiro colocado no primeiro turno da disputa estadual. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (10), durante visita do candidato ao Sesi de Suzano, na Grande São Paulo, onde foi recepcionado por Skaf. França se comprometeu a levar o “padrão Sesi/Senai” de qualidade às escolas públicas do estado.

“Eu não tenho nenhuma dúvida: o meu voto no segundo turno da eleição para o governo de São Paulo será para Márcio França”, afirmou Skaf, que na posição de presidente da Fiesp, mantenedora do sistema Sesi/Senai, recebeu o candidato do PSB cercado de estudantes da unidade de Suzano, em clima de festa. “Nossas Etecs e Fatecs são muito boas, mas precisam de mais equipamentos, de modernidade, e o Márcio França tem esse compromisso, de levar a educação de qualidade à escola pública de São Paulo”, prosseguiu Skaf, que perdeu a disputa com o candidato do PSDB por uma vaga o segundo turno.

“Eu tenho uma preocupação com a educação. O Márcio França tem esse compromisso comigo de levar educação de qualidade para as escolas públicas de São Paulo. São Paulo não pode esperar mais 4 anos para melhorar o ensino. E essa razão é o grande motivo de estarmos juntos. O projeto comum pela educação, o projeto comum de tocar as obras e gerar emprego que São Paulo tanto precisa. Melhorar a saúde, o respeito as pessoas. E para isso precisa de governador com personalidade e caráter, que fale a verdade. Aí você confia.".

França agradeceu o apoio de Skaf, com quem mantém há muito tempo uma relação de afinidade. “Ele entrou na vida pública-eleitoral atendendo a um convite meu”, enfatizou o candidato do PSB. “A sinceridade une as pessoas, tentamos unidade desde o início da eleição. Estou muito contente em estar aqui a convite dele, foi uma disputa acirrada, mas foi dentro da lealdade. As coisas passam, mas os vínculos continuam”, acrescentou o novo governador de São Paulo.

Márcio lembrou que receber o apoio de Skaf após uma disputa apertada é uma prova de que São Paulo não precisa seguir o caminho da eleição nacional, marcada pela divisão. “O gesto do Paulo Skaf hoje mostra que podemos ir no contra fluxo nacional, ou seja, sair unidos de São Paulo para dar um gesto para todo o Brasil. Nós criamos um país de 500 anos de convergência, sem brigas, a gente pode divergir e chegar no final com amizade e respeito. Algumas pessoas têm feito o oposto. Foi se criando um rompimento de pontes. Fomos adversários na política e agora estaremos juntos. É o mérito da política: convencimento e convivência. É por isso que a gente faz assim na política, porque é assim na vida da gente”, acrescentou França.

Skaf fez questão de mostrar as instalações do Sesi, que segundo ele são motivo de orgulho, com suas 120 unidades espalhadas pelo estado. “Tenho grande preocupação com a educação, pois temos 3,4 milhões de alunos que fazem ensino fundamental e médio nas escolas públicas no estado e precisam ter oportunidades e sucesso na vida”, afirmou Skaf.

O candidato do PSB elogiou a estrutura do Senai em Suzano. “Vim para olhar uma escola superbacana, quase 2 mil alunos, criança entra de manhã e sai à tarde, com refeição, esporte, lazer e cultura. O Paulo Skaf defendeu isso na eleição, ele é competente e fez isso”, elogiou França. “O grande desafio é trazer esse padrão para todo mundo (na rede púbica)”, acrescentou.  

Skaf disse que o candidato do PSB é o nome ideal para levar adiante esse projeto. “Não podemos esperar mais para melhorar o ensino, temos que começar ontem. E a razão para estarmos juntos é esse projeto comum pela educação e pela saúde, respeito pelas pessoas, de tocar as obras que São Paulo tanto precisa”, disse Skaf. “Para isso, São Paulo precisa ter um governador com personalidade, com caráter, que fale a verdade, aí você confia”, complementou.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››