sábado, 20 de outubro de 2018

Projeto Guri abre 381 vagas para os 13 Grupos de Referência

Os selecionados, jovens em estágio avançado de aprendizagem, recebem bolsa-auxílio

As inscrições para o processo seletivo dos 13 Grupos de Referência do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – serão realizadas de 1 a 27 de novembro. A temporada 2019 dispõe de 381 vagas para alunos em estágio avançado de aprendizagem, jovens interessados em ampliar o repertório, além de aprimorar o conhecimento musical e artístico. Participam dos Grupos guris de 12 a 21 anos e todos recebem bolsa-auxílio.  Edital e ficha de inscrição no site http://www.sistemasaapg.com.br/programadebolsas.

Os Grupos de Referência são conjuntos que fomentam o desenvolvimento musical de crianças, adolescentes e jovens que pretendem se aperfeiçoar. O objetivo é oferecer um repertório desafiador, acompanhamento sociopedagógico qualificado, workshops, masterclasses, apresentações com artistas renomados e produção de concertos.

A cada ano há um novo processo seletivo para integrar um dos 13 grupos. São orquestras, cameratas, bandas, coros, grupo de percussão, entre outras formações musicais que servem de modelo e incentivo para todos os alunos e alunas do Projeto Guri.

Atualmente nas cidades de Araçatuba, Bauru, Franca, Itaberá, Jundiaí, Lorena, Ourinhos, Piracicaba, Presidente Prudente, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto e Sorocaba, os Grupos de Referência ensaiam nos polos do Guri duas vezes por semana e são formados por alunos da região em que estão estabelecidos. O repertório abrange diferentes estilos musicais e épocas, contemplando do erudito ao popular.

Na próxima temporada, o Grupo de Referência de Ourinhos ganhará nova sede, adotando, assim, o nome do município que irá recebê-lo: Grupo de Referência de Marília.

A seleção é feita por meio de testes práticos e entrevistas coordenadas pelos profissionais da Amigos do Guri. Além da bolsa-auxílio, os candidatos também podem requerer auxílio de deslocamento até os ensaios, quando necessário.

Os Grupos de Referência são patrocinados pelas empresas: Catho (todos os GRs); Caterpillar (GR de Sorocaba) e VALGROUP (GR de Lorena).

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn e CCR SPVias, SABESP, SKY, CTG, EMS, Microsoft, Usina Colorado,  Caterpillar, Supermercados Tauste, Capuani do Brasil, Grupo BB e Mapfre, Pinheiro Neto,  WestRock, VALGROUP, Banco Votorantim, Mercedes Benz, Catho, Hasbro, Cipatex, PPE Fios, Grupo Maringá, Raízen, Castelo Alimentos, Arteris e Cremer.

Sobre o Projeto GuriMantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). 

Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. 

A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria de Cultura que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 710 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Amigos do GuriA Amigos do Guri é uma organização social de cultura que administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo – idealizador do projeto –, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››