quinta-feira, 18 de outubro de 2018


*Silvio Palma Caruso

A final do Campeonato Brasileiro pelo Poder vai ser no próximo domingo, dia 28. Os dois finalistas vão disputar a vaga pra técnico da Seleção do Poder, que vai comandar a Copa do Brasil até 2022. Nessa mesma data, os times de todos os estados terão definido os técnicos estaduais, onde as preferências voltam a ser individuais.

Nessa final, só existem os dois times finalistas, os desclassificado já caíram fora, portanto as torcidas principais são apenas duas: a vermelha e a verde. Os torcedores são fundamentais pra empurrar os times, mas tem que ser torcidas organizadas, sem brigas e quebra-quebras depois do apito final. Os vencedores devem comemorar com moderação e sem provocações. Os perdedores devem aceitar o resultado sem agressões e violências. A torcida perdedora não deve culpar a outra, por ser maior, mais organizada, mais mobilizada ou mais antiga. Tem que entender a própria culpa  e se preparar melhor para não errar de novo!

Depois de assumir o cargo, todas as torcidas devem ficar de olho no cartola que vai começar a montar a equipe. Essa equipe do Brasil não pode começar a contratar pernas de pau para posição nenhuma e o motivo tem que ser competência. O time não pode ser montado por indicação de ninguém, por nenhum acordo político, indicações ou preferências pessoais. Se isso começar a acontecer, vamos alertar o técnico, quem manda no time é a torcida, se ela estiver unida, gritando na arquibancada, não é?

Quando tem jogo da Seleção Brasileira, nunca vi torcida contra. Se um grupo de torcedores de outro país quiser torcer por sua seleção, se reúne em locais fechados para evitar confronto com a maior torcida. Quem manda e comanda é sempre a maioria.

Somos 210 milhões de torcedores e mais de 147 milhões com poder de voto. Nenhum partido, nenhum Poder, nenhum exército pode enfrentar o "povo organizado” em busca de um futuro melhor para o seu País, para seus filhos e netos! Vamos colocando e trocando o técnico do momento, até que um dia a gente acerte, ou ele entenda que é assim, ou é assim.

Político só tem dois medos: perder a eleição e perder o poder. Tanto o poder, como as eleições estão em nossas mãos. Eles precisam, eles dependem de nós. O dever deles é defender nossos interesses, e não, os interesses deles. Políticos corruptos são verdadeiros “assassinos em massa”. Eles matam milhares de brasileiros todos os dias: matam em filas dos hospitais, postos de saúde, nas escolas, nos asilos, na segurança, nos transportes... 

Tudo isso é “Dever do Estado”, está na Constituição que eles fizeram, mas eles próprios não cumprem! Somos nós que pagamos tudo o que eles fazem de bom, ou de ruim. Dinheiro público tem dono sim, é do público e para o povo. Funcionário público é “funcionário a serviço do público”. Temos deveres que somos obrigados a cumprir porque está na Constituição, mas, estão lá também, os direitos que temos que eles não cumprem por que nós não exigimos. Vamos exigir nossos direitos! Mas, temos que exigir nas ruas, com gritos sim, mas com ordem e sem badernas. A população começou a acordar com os movimentos de 2013. Vieram outras manifestações desde então, a última, a dos caminhoneiros a mobilização foi maior que a esperada, as consequências maiores ainda.

 As promessas não foram cumpridas.

Fizeram uma reforma trabalhista, que só falta a volta da escravidão. Insistem na Reforma da Previdência, que será o fim das aposentadorias. Temos que exigir as “revisões delas”!
Temos que exigir, propor e acompanhar e cobrar, uma drástica Reforma Política pondo fim a essa bandalheira que aí está!

Com qualquer resultado que seja esse próximo jogo, que seja de qualquer candidato, de qualquer partido, nós mandamos no País!

Vamos manter e aumentar mobilização, vamos usar as redes sociais e os meios eletrônicos para a mobilização. As cobranças tem que ser enchendo as ruas de todos os cantos desse nosso país, só assim vamos conseguir nossos direitos e os deveres que eles não cumprem.

Com qualquer resultado, pra frente Brasil!

Um comentário:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››