segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Real Progresso derrota Silva Serv nos pênaltis e conquista titulo inédito na Copa Cecap 2018



Certamente não faltou emoção desde o inicio até o final. Na manhã de domingo (16), Real Progresso e Silva Serv disputavam o título da Copa Cecap de Futebol Varzeano de São Jose do Rio Preto, no campo do bairro Cecap.



As equipes jogavam completas e precisavam de uma simples vitória para conquistar o inédito título. O empate em 1 a 1,  levou a partida para a cobrança de pênaltis depois de um jogo equilibrado com tempos distintos que justificaram a igualdade, principalmente no primeiro tempo.

O Silva Serv começou melhor, e aproveitou a bobeada do adversário para abrir o marcador logo nos primeiros minutos.  O volante Clô foi muito bem aproveitando o rebote dentro da área dando toque sutil sem dar chances ao goleiro Júlio.

Depois do gol, o Real Progresso acertou a marcação e foi para cima em busca do empate. Aproveitando o recuo do adversário, criou várias oportunidades, mas deixou a defesas exposta e quase o Silva Serv ampliou.

Como “diz o ditado Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, após escanteio da direita para a esquerda, o zagueiro Luiz Antônio aproveitou o rebolo dentro da área e apenas empurrou para dentro das redes deixando tudo igual pouco antes de terminar o primeiro tempo.

Na segunda etapa, o medo de perder foi mais intenso do que a vontade de ganhar. A duas equipes decidiram priorizar a marcação e sem oportunidades o jogo ficou truncado e feio dando um pouco mais de trabalho ao árbitro Camilo. Ninguém criou nada e aos pouco a decisão por pênaltis era clara e evidente.  

Aos 42 minutos, o arbitro encerrou e pudemos observar que os comandantes do Silva Serv. Daniel e Fernando respiraram aliviados, porém Viola, treinador do Real Progresso lamentava a chance, pois sabiam que poderiam ter vencido no tempo normal.  Enfim, foram para loteria dos pênaltis.

Na decisão por pênaltis, Renan, do Real Progresso, brilhou. O goleiro defendeu a cobrança do atacante Silva, o terceiro a bater pelo Silva Serv. Na sequência, mais um pênalti convertido para cada equipe. E na quinta cobrança, o Real Progresso converteu e fechou a decisão em 5 a 3, e saíram gritando, É Campeão...é Campeão... é Campeão.









0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››