sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Jovens prestam juramento à bandeira em Nova Aliança

Jovens que fizeram o juramento à bandeira em Nova Aliança


Na semana passada, 32 jovens prestaram o juramento à bandeira para obterem o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) ao Exército. A solenidade ocorreu no Clube Municipal e contou com a presença do prefeito Gusto Fajan (DEM), do vice-prefeito Vandil Baptista (PDT) e de diversos vereadores.

A solenidade foi apresentada pelo secretário da 76ª Junta do Serviço Militar, Valter Della Coletta, que junto com os militares comandantes do Tiro de Guerra de São José do Rio Preto explicaram sobre a importância do Serviço Militar em defesa dos anseios da pátria.

Todos os homens brasileiros no ano em que completam 18 anos são obrigados a se alistarem no Exército, na Marinha ou na Aeronáutica para prestarem o serviço militar. O serviço militar, sem sombras de dúvidas, agrega muito para a formação dos jovens, dando valores éticos e morais, o que faz interagir melhor com a sociedade.

Caso os rapazes não façam o alistamento no período ficam impedidos de retirar outros documentos como Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, de ingressar no serviço público, de cursar faculdades ou até mesmo de viajar para o Exterior, popis o certificado militar é também uma das exigências para a obtenção do passaporte e do visto para ingresso em vários países.

Caso o jovem perca o prazo do alistamento, ele deverá se dirigir à Junta do Serviço Militar (JSM) mais próxima de sua residência e terá de pagar multa de R$ 3,71 na agência do Banco do Brasil. Para se alistar é necessário apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento, casamento ou documento de identidade (RG, Carteira do Trabalho, passaporte). Para quem é naturalizado deve levar a certidão de naturalização. Duas fotos 3x4, além do comprovante de residência.

Serviço alternativo
Desde 2014, é possível a dispensa por meio da Portaria Normativo 147 do Ministério da Defesa, é possível os jovens que tenham convicção política, filosófica ou religiosa contrária ao Serviço Militar. Nesses casos, além dos documentos, é preciso apresentar declaração do dirigente da comunidade religiosa, entidade filosófica ou partido político.

Mas esses jovens, contudo, terão que realizar a Prestação de Serviço Alternativo ao Serviço Militar Obrigatório.


















0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››