sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Ex-aluno do Projeto Guri toca na turnê do tenor Andrea Bocelli

O evento acontecerá nos dias 29 e 30 no Allianz Parque

Convidado pela produção do tenor Andrea Bocelli, o percussionista Jônatas Campos de Oliveira, de 21 anos, tocará tímpano na turnê de 60 anos do artista. O evento ocorre no dia 29, às 21h e, no dia 30, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo/SP.

O ex-aluno do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – iniciou a sua história no Polo Pilar do Sul aos nove anos. “Recebi um papel com os cursos de violão, coral e percussão. Eu já sabia o que era violão e coral, não conhecia percussão, mas escolhi por achar o nome bonito”, disse o jovem.

Em 2012, Jônatas entrou para o Grupo de Referência de Sorocaba – Coro e Percussão e foi então que decidiu que queria a música como profissão. No mesmo ano realizou seu sonho e entrou no Conservatório de Tatuí. E, em 2016, ingressou no Instituto Baccarelli, tornando-se bolsista da Orquestra Juvenil Heliópolis.

“O Guri me proporcionou conhecer lugares que nunca imaginei que teria a oportunidade e trouxe muitas outras coisas boas para minha vida. Primeiro porque eu entrei no projeto quando meus pais se separaram e também porque eu sempre fui muito agitado e a música me ajudava a expressar tudo que eu sentia”, contou o jovem.  Além disso, Jônatas participou da gravação do DVD Calungá, com o Naná Vasconcelos, se apresentou em grandes teatros de São Paulo, gravou em estúdio para o aniversário de 18 anos do Guri e participou do festival de música Ethno Suécia.

Projeto Guri www.projetoguri.org.br

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn e CCR SPVias; CTG Brasil; VISA; VALGROUP; Supermercados Tauste; AES Tietê; Microsoft; WestRock; Novelis; Usina Colorado; Banco Votorantim; Capuani do Brasil; Caterpillar; Grupo Maringá; Pinheiro Neto; EMS; Sky; Magazine Luiza; Mercedes-Benz; ASTA; Catho; CODESP; Raízen; Arteris; Supermercados Rondon; Castelo Alimentos; Hasbro.

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). 

Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social.

 A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria de Cultura que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 710 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Amigos do Guri
A Amigos do Guri é uma organização social de cultura que administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. 

Além do Governo de São Paulo – idealizador do projeto –, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››