quinta-feira, 10 de maio de 2018

Tobardini determina sindicância para apurar eventuais desvios

Chefe do Departamento Pessoal está sendo investigada por eventuais desvios

O prefeito Luiz Antonio Tobardini (PPS) determinou a abertura de sindicância interna na Prefeitura de Bady Bassitt para apurar eventuais irregularidades nos pagamentos de salários para uma servidora municipal.

Segundo portaria, assinada pelo prefeito no último dia 3, a chefe do Departamento de Pessoal, Josimara Perpétua de Souza Gama, não tinha nenhum pagamento de natureza indenizatória como férias ou licença prêmio e nem antecipação do 13º salário, evidenciando a existência de possíveis irregularidades.

Para apurar o caso, o prefeito nomeou as servidoras Lilian Margarete Ferreira do Nascimento, Bruna Edna Taglivini da Costa e Raphael Barison Torres, sob a presidência da primeira, para compor a comissão de sindicância interna que terá prazo de 60 dias para concluir os trabalhos.

A presidente da Comissão de Sindicância, Lilian do Nascimento, conversou com a reportagem da Folha do Povo e disse que por enquanto estão aguardando o recebimento de alguns documentos por parte do banco Santander. Disse que pela análise da documentação encontrada até o momento já dá para perceber que existem fortes indícios de irregularidades.

Segundo Lilian, a funcionária está afastada de suas funções porque cumpre período de férias.Disse ainda que espera concluir as investigações antes do prazo regimental de 30 dias, que poderia ser ampliado para mais 30 dias.

A reportagem da Folha do Povo não conseguiu localizar a funcionária para falar sobre o assunto.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››