terça-feira, 24 de outubro de 2017

Obras da duplicação pode ser acompanhada pela internet

trevo para retorno será construído logo após o acesso para o bairro Condomínio dos Pássaros

A duplicação da BR-153 entre os quilômetros 72,1 e 74,9, que liga os municípios de Rio Preto e Bady Bassitt, começa a tomar forma. E a novidade é que a concessionária disponibilizou em seu site um sistema para que todos possam acompanhar o andamento das obras de duplicação por câmeras em tempo real.

Até o fechamento desta edição, na quarta-feira, dia 25, era possível ver que 35 dos serviços preliminares estavam prontos, 25% da terraplanagem estava concluída e 12% da pavimentação já tinha sido executada.

Além do dia a dia dos 2,8 quilômetros de duplicação e do dispositivo de retorno em desnível, será possível monitorar o percentual de evolução de cada etapa, desde os serviços iniciais até a instalação de iluminação. Curiosidades, números, mapa da obra e canais de contato para informações ou dúvidas também estão disponíveis no site www.triunfotransbrasiliana.com.br.

O investimento nesse trecho de 2,8 quilômetros é de aproximadamente R$ 20 milhões e serão gerados cerca de 100 empregos diretos, além de tributos e atração de empresas às margens da rodovia. As obras foram iniciadas em agosto e representam um marco para o desenvolvimento da infraestrutura de transporte. O prazo para a conclusão da obra é de 12 meses. Ou seja até agosto de 2018 ou até mesmo antes estará concluída.

Esse trecho, executado com recursos da própria concessionária, também inclui a construção de um viaduto para retorno no km 72+860 metros nos dois sentidos da pista. Segundo a empresa, o retorno será importante para a fluidez no tráfego e evitará filas em cruzamentos.

“O viaduto oferecerá conforto e segurança para motoristas e pedestres, além de minimizar as chances de acidentes entre veículos”, diz nota da concessionária, distribuída à imprensa, acrescentando que é a forma mais segura de atravessar a pista pois evita consideravelmente colisões frontais.


0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››