sábado, 14 de janeiro de 2017

João do Limão diz que não fará oposição ferrenha ao prefeito Ni Baiano


“Não vamos fazer oposição ferrenha. Seremos oposição inteligente”. A frase é do novo presidente da Câmara dos Vereadores de Sales, João Francisco Ribeiro, o popular João do Limão (PP), eleito vereador pela coligação “Confie, o Trabalho Continua” (PDT, PP, PT, PR,PTN) que apoiou a candidatura do empresário Márcio Guedes (PDT) à prefeitura.

Para ser presidente da Casa, João do Limão disputou votos com o vereador Josemar de Abreu (PSB), apoiado pela coligação “Sales Mais Progresso” (DEM, PMDB, PRB e PSB). “Não é porque fomos eleitos pela oposição que vamos fazer uma oposição ferrenha ao prefeito”, afirma. “Aquilo que for bom para a cidade a gente vai apoiar. Se a administração for boa, a Câmara também será boa para a população”.

João do Limão, que carrega esse apelido desde criança porque vendia a fruta nas ruas, mal sentou na cadeira e já presidiu uma sessão extraordinária com 12 projetos em pauta encaminhados pelo Executivo. “De todos esses projetos somente um é que foi rejeitado”, informa, mostrando que a Câmara está alinhada com a administração do prefeito Genivaldo de Brito Chaves, o popular Ni Baiano (DEM).

Economia
Das nove secretárias municipais existentes em Sales por enquanto somente cinco serão preenchidas. Segundo o prefeito Ni Baiano, a medida visa economias para os cofres públicos. Ele não descarta que os cargos poderão ser preenchidos no futuro. “Mas tudo no tempo certo, sem pressa”, avisa. “Por enquanto vamos ficar apenas com aquelas secretarias que são extremamente necessárias para o andamento dos serviços”.


A maior preocupação do prefeito é com a queda da arrecadação. “Enquanto nos municípios vizinhos a arrecadação cresceu no nosso município houve queda de arrecadação. O índice parece insignificante, mas representa muito no montante”.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››