segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Prefeito eleito de Uchôa anuncia que irá cortar três das oito coordenadorias municipais


O prefeito eleito de Uchôa, Valdemir Antonio Pinheiro de Carvalho, o Professor Will (PSDB), anunciou nesta semana, com exclusividade para a Folha do Povo os primeiros nomes do seu secretariado. Ele disse inicialmente que irá reduzir de oito para cinco os cargos de diretoria em sua administração. “Conter despesas será uma das minhas primeiras medidas”, anunciou.

Ao lado do amigo e primo João Carlos Giavanelli, capitão reformado da Aeronáutica, que deve assessorar voluntariamente a futura administração, Will disse que serão desativadas temporariamente as coordenadorias de Agricultura, Meio Ambiente e de Obras e Serviços. “Precisamos conter despesas, cortar gastos”, justificou, explicando que irá manter, por ora, somente as diretorias e coordenadorias que são extremamente necessárias.

Para a Coordenadoria da Saúde o prefeito eleito anunciou o nome da terapeuta ocupacional Ana Paula Boschilha Gallo, que segundo ele é pessoa extremamente ligada à área da saúde.  Para a Coordenadoria da Educação ele indicou o professor Daniel Almella, para o setor de Finanças o professor Elieser Cubo Perez e para a Coordenadoria de Assistente Social a professora Tatiane Barros. Para a chefia de gabinete o prefeito eleito anunciou o nome do professor José Carlos Garcia Rubio.

Will anunciou também que sua irmã Luiza Pinheiro de Carvalho, funcionária efetiva da Prefeitura há mais de 20 anos, também desempenhará papel importante na sua administração, colaborando voluntariamente em diversos setores. “Ela é pessoa de minha confiança e muito competente”, destacou.

Segurança
O prefeito eleito elegeu três setores que terão prioridade em sua administração: educação, saúde e segurança pública. “Vamos valorizar os profissionais que trabalham nesses setores para que a população seja sempre bem atendida”.


A segurança pública é um dos setores que mais preocupa o prefeito eleito. “Com onda de assaltos vindo para as cidades do interior, vamos estudar, junto com os membros do Conselho de Segurança Pública, a instalação de câmeras de monitoramento em diversos locais, como entradas, praças e prédios públicos”.

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››